Há 13 anos, Ronaldo fazia o caminho inverso de Vítor Pereira ao trocar o Flamengo pelo Corinthians


O técnico Vítor Pereira não renovou contrato com o Corinthians e, poucos dias depois, encaminhou acordo para ser o novo treinador do Flamengo. Em 2009, um caso semelhante aconteceu envolvendo o ex-atacante Ronaldo, que esteve perto de vestir a camisa rubro-negra, mas optou por jogar no Timão.

> Dorival Júnior fora do Flamengo: veja opções de técnicos brasileiros livres no mercado

Um ano antes de rumar ao Parque São Jorge, em 2008, o Fenômeno passou quatro meses treinando na Gávea para tratar de uma lesão. Segundo o ex-jogador, na época, não houve acordo para que ele permanecesse no Rio de Janeiro.

No entanto — diferentemente da atual situação de VP — de acordo com Ronaldo, o Flamengo não demonstrou interesse em contar com seu futebol. Desta vez, em 2022, o Corinthians tentou, sim, garantir a permanência do treinador português.

+ Vítor Pereira é criticado e ironizado na web após encaminhar acerto com o Flamengo

- Eu tinha certeza de que jogaria no Flamengo. Flamenguista doente, treinando lá todo dia com os caras, esperando todo dia... Fiquei quatro meses treinando na Gávea com o time principal do Flamengo. Eu tinha certeza absoluta que jogaria aqui, que os caras iam ver que fiquei bem. Não fizeram nada - revelou Ronaldo em entrevista ao Flow Podcast, que ainda completou:

- Para mim, foi a mesma decepção do que para a torcida do Flamengo. Eu estava lá há quatro meses, treinando todo dia. Para mim, foi triste também, porque sou flamenguista desde pequenininho. E agora (sou) metade corintiano, metade flamenguista.

Ronaldo estava livre no mercado após deixar o Milan e se recuperava de uma cirurgia no joelho esquerdo com o ortopedista José Luiz Runco, médico da equipe carioca e da Seleção Brasileira.

Após a confirmação que o ex-centroavante não ficaria no Rubro-Negro, o então presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, entrou em ação, negociou com o Fenômeno e o levou para o Timão.

- Esbarrei com o Andrés, do Corinthians. No dia seguinte, eu voltei lá, porque eram dois dias de evento. O Andrés, nesse meio tempo, mexeu os pauzinhos dele, contatou o Joaquim Grava, médico do Corinthians. Aí, no final da tarde, me encontrei com eles, e o Joaquim olhou meu joelho. No dia seguinte, eu encontrei com o Andrés, com um guardanapo, uma caneta: 'Vamos já fechar esse contrato' - explicou o atacante.

Com a camisa 9 alvinegra, Ronaldo fez 40 partidas, 21 gols e distribuiu seis assistências. Ele conquistou uma Copa do Brasil e um Paulistão e encerrou a carreira no clube em 2011.

Foto de apresentação do Ronaldo no Corinthians
Foto de apresentação do Ronaldo no Corinthians

Ronaldo brilhou no Timão (Foto: Arquivo Lance!)

CORINTHIANS TENTOU PERMANÊNCIA DE VÍTOR PEREIRA

O Timão ofereceu uma renovação de contrato ao português, que negou, afirmou que voltaria para Portugal e não assumiria time nenhum para ficar com a família e cuidar de problemas pessoais.