Gwyneth Paltrow responde críticas por tratamento alternativo para a covid-19

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
NEW YORK, NEW YORK - FEBRUARY 03: Gwyneth Paltrow hosts a panel discussion at the JVP International Cyber Center grand opening on February 03, 2020 in New York City. (Photo by Gary Gershoff/Getty Images)
Gwyneth Paltrow (Photo by Gary Gershoff/Getty Images)

Gwyneth Paltrow foi duramente criticada por recomendar um tratamento sem comprovação científica no tratamento contra a covid-19. Em entrevista ao Hollywood Reporter, a atriz respondeu às críticas, fazendo uma crítica à imprensa.

"Às vezes [essas críticas chegam até mim], mas geralmente acho que é para a própria amplificação delas. Realmente não devemos dizer que nunca cometemos erros porque é claro que cometemos no passado", disse ela.

Leia também:

"Mas somos (as pessoas da sua marca, a Goop) muito íntegros e cuidadosos com o que dizemos. Sempre vemos o porquê de muitas dessas [críticas] virarem cliques para os sites", completou, sem deixar claro que estava arrependida.

Paltrow alega que só recorreu ao tratamento alternativo por ter sido o único disponível na época. Ela e o marido,, o produtor Brad Falchuk, tiveram covid no início do ano passado, logo no começo da pandemia do novo coronavírus e sofreram com sintomas persistentes da doença.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Tive tão cedo que não havia testes Covid disponíveis. Não podíamos nem fazer o teste por um longo tempo. E quando conseguimos fazer testes de anticorpos e tudo mais, havia coisas muito mais graves e importantes acontecendo no mundo", esclareceu.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.