Guto Ferreira explica opção tática contra o Atlético-MG e esbanja confiança em duelo com o São Paulo

LANCE!
·1 minuto de leitura


O empate em 2 a 2 como Atlético-MG, na tarde deste domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, acabou com um gosto amargo para o Ceará que, por sua vez, chegou até a ficar em vantagem no jogo.

Sendo assim, fazendo uma análise de alguns pontos na partida, o técnico Guto Ferreira explicou o motivo de uma substituição feita ainda na etapa inicial. O comandante disse que a ideia seria Charles marcar Arana, porém, momento depois, percebeu uma mudança no ritmo em campo, apostando em deixar sua equipe mais agressiva, o que acabou dando certo.

"Foi uma opção tática. Coloquei Charles para marcar o Arana, que é um dos principais criadores de jogadas do Atlético-MG. O Charles tem uma passada bastante aberta para chegar na área. Até nos primeiros 20 minutos, aconteceu o que a gente estava querendo. Depois, o Charles começou a perder a confiança que estava errando muitos passes. Começou a folgar de uma forma muito fácil. Resolvi fazer uma tomada, deixar o time mais agressivo. Porque a gente perdia por 1 a 0. Com a substituição, o resultado foi positivo. A equipe cresceu na partida", declarou.

Sobre a partida atrasada pela 16ª rodada, diante do São Paulo, quarta-feira (25), Guto reconhece que seus comandados não deverão ter vida fácil em campo. Entretanto, destacando a crescente que sua equipe vem tendo na competição, o técnico frisou que o foco é buscar a vitória.

"Em relação ao jogo contra o São Paulo, a gente sabe a dificuldade, vem em uma crescente. Vamos buscar fazer o nosso melhor e buscar a vitória. Espero sempre vencer. Indiferente a quem esteja na nossa frente. Respeitando a equipe do São Paulo", concluiu.