Guto Ferreira crava a principal meta do Bahia: 'É o acesso'

·2 min de leitura
Guto Ferreira faz planos para o Bahia (Felipe Oliveira/EC Bahia)


A temporada do Bahia começou e o técnico Guto Ferreira trabalha diariamente para ajeitar a casa e recolocar o Tricolor nos trilhos.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Em coletiva de imprensa, o treinador abriu o jogo e citou que o grande problema do time ao longo do último ano foi o sistema de meio-campo.

Na explicação, ele deu a entender que a saída de Thaciano bagunçou o esquema de jogo e o Esquadrão de Aço não conseguiu render.

‘O principal problema do Bahia, na minha concepção, na montagem do plantel do ano passado, foi o meio-campo. Não era um meio-campo de força. Aliás, tinha um meio-campo de equilíbrio com Thaciano. A partir da hora que ele saiu, não se encontrou mais a peça que solucionasse esse problema. Meio-campo muito leve, que não tinha força. Desses volantes, a tendência de aproximação de um ou dois, talvez três. O Mugni foi adaptado na reta final para jogar ali. Começou muito bem, mas acabou tendo dificuldades no final. Os jogadores que estão vindo, estão vindo com características que precisamos. Independente da posição, o meio-campo é o coração da equipe. Precisamos de jogadores que saibam jogar e tenham a pegada’.

Agora, com tempo para trabalhar e de olho no mercado da bola, a expectativa do comandante é que o Bahia possa mostrar mais equilíbrio em campo e foca no acesso à elite nacional como grande meta da temporada.

‘Em 2016, falei que não importava como começasse, mas como terminava e cravei que em novembro a gente estaria na Série A. Espero que possamos repetir isso. Não espere um Bahia, nesse primeiro momento, jogando o seu melhor, conquistando. Se acontecer, vai ser muito bom e não vamos deixar de brigar por isso. O mais importante é o Brasileiro, o que vem para a frente. A gente conta com o apoio do torcedor, entendimento desse momento de reconstrução da equipe, onde estamos perdendo peças importantes, outras estão chegando. Algumas que tinham status diferente no plantel, passam a ter status de protagonista, tendo que perfomar. A gente espera que, ao final, tenha um time estruturado para que possam, em 2023, se estruturar ainda mais’, disparou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos