Santos ultrapassa Palmeiras com mais futebol e qualidade do time e do treinador

Yahoo Esportes
Gustavo Henrique comemora o primeiro gol do Santos na vitória sobre o Palmeiras. Foto: Bruno Ulivieri/AGIF
Gustavo Henrique comemora o primeiro gol do Santos na vitória sobre o Palmeiras. Foto: Bruno Ulivieri/AGIF

O Santos mostrou um futebol muito superior e ultrapassou o Palmeiras na vice-liderança da Série A do Brasileiro. A vitória de 2 a 0 sobre o Palmeiras foi pequena, pela diferença das atuações dos dois times. Enquanto o Santos entrou para disputar um jogo de Copa do Mundo, o Palmeiras teve uma postura de um compromisso noturno sem grandes consequências. O resultado saiu barato pelo desempenho santista.

Com dez minutos de partida, o Santos já tinha três finalizações contra uma. O primeiro gol não demorou para acontecer com cruzamento certeiro e cabeceio de Gustavo Henrique na cara de Jaílson. O gol deixou o Santos mais leve e o Palmeiras mais pressionado. Depois de um desvio em chute de Pituca e rebatida de Jaílson, Marinho aumentou a vantagem para os donos da casa. O primeiro tempo terminou com um placar menor do que a realidade do confronto.

Na segunda etapa, as equipes voltaram iguais e o Santos continuou superior. A expulsão de Willian deixou o jogo fácil demais para o Santos, que administrou o escore e ensaiou um olé. Os palmeirenses não gostaram, mas isso sempre fez parte da história. O Santos tocava a bola, fazendo o tempo passar, repetindo algo que vários times já fizeram.

Quando o árbitro Flávio de Souza encerrou o jogo com dois minutos e meio ainda no relógio, achei uma demasia. O Santos poderia marcar mais um gol e o Palmeiras diminuir, fazendo diferença no saldo de gols, critério de desempate importante na classificação. Não posso aceitar tanta interferência do apitador porque dois ou três jogadores querem tumulto. É só expulsar os brigões e ponto final. Ainda assim, o árbitro não estragou a bela atuação santista com grande vitória na Vila Belmiro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também