Gustavo Gómez quase foi parar no Flamengo

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Gustavo Gómez foi o capitão do Palmeiras no Mundial de Clubes (David Ramos/Getty Images)
Gustavo Gómez foi o capitão do Palmeiras no Mundial de Clubes (David Ramos/Getty Images)

Um dos melhores jogadores do Palmeiras nos últimos anos, Gustavo Gómez esteve muito perto de fechar com o time do Flamengo em 2018. O paraguaio ficaria por empréstimo de uma temporada, em meio a tratativas com Leonardo, então dirigente do Milan.

O Verdão acabou atravessando o negócio de um jeito curioso. Alexandre Mattos, então diretor-executivo do Palmeiras, acionou Lucas Barrios para conversar com Gómez. Os dois eram companheiros da seleção paraguaia.

Leia também:

Após o papo a três, Gómez curtiu a ideia de se mudar para o Allianz Parque e o Verdão fechou acordo com o Milan por 6 milhões de euros - 1,5 milhão de euros por empréstimo e 4,5 milhões pela compra em definitivo.

Sem acordo com Gómez, o Flamengo acabou, tempos depois, fechando com Léo Pereira por um valor bem mais caro: 7 milhões de euros junto ao Athletico. Para piorar, além do preço, Léo não consegue ser titular, nem causar boa impressão, muito menos ser vendido.

Já Gómez, autor do gol do Palmeiras no empate em 1 a 1 com o São Bento, nesta quarta-feira, não para de receber propostas do exterior. Um time do México chegou a oferecer US$ 18 milhões para levá-lo em 2019.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola