Guiné-Bissau rebatiza estádio em homenagem a Pelé

Um estádio na segunda maior cidade de Guiné-Bissau foi rebatizado em homenagem a Pelé, anunciou nesta sexta-feira o governo do país africano.

Após respeitar um minuto de silêncio em memória do ídolo mundial, falecido em 29 de dezembro, o governo de Guiné-Bissau "decidiu atribuir o nome de Pelé a um estádio regional de Bafatá", com uma capacidade para 15 mil espectadores, explica o comunicado governamental, publicado após o conselho de ministros na quinta-feira.

Bafatá, segunda maior cidade de Guiné-Bissau, está localizada a 150 quilômetros da capital do país, Bissau.

Na quarta-feira, o primeiro-ministro de Cabo Verde anunciou que o estádio da capital, Praia, também de 15 mil lugares, passará a se chamar Estádio Pelé.

As homenagens são uma resposta ao apelo do presidente da Fifa, Gianni Infantino, que pediu que cada país membro da federação internacional desse o nome do ex-jogador a um de seus estádios.

Pelé foi sepultado na última terça-feira em um cemitério de Santos, após um velório de 24 horas no estádio da Vila Belmiro.

aye-mrb/pm/dr/cb