Guilherme Giovannoni anuncia aposentadoria da Seleção Brasileira

Convocado pela primeira vez em 1995, o ala/pivô do Brasília, hoje com 36 anos, não vestirá mais a camisa canarinha

Guilherme Giovannoni, bicampeão da Copa América (2005 e 2009) e medalhista de ouro em dois Pan-Americanos (1999 e 2003) anunciou, neste sábado, que não defenderá mais a Seleção Brasileira de basquete. O jogador, porém, seguirá no Brasília, terceiro colocado no NBB.

- Ja vinha pensando nisso há algum tempo. Depois da Olimpíada, conversando com a minha esposa, pensando um pouco no futuro também. No qeu penso para o meu pós-carreira, chegou o momento de passar o bastão para alguém mais jovem. Claro que fica uma dorzinha, mas saiba que um dia este momento ia chegar - disse ao Globoesporte.com.

Giovannoni está entre os titulares do NBB Brasil para o Jogo das Estrelas que acontece neste domingo, no ginásio do Ibirapuera, às 12h45, com transmissão do SporTV.

O ala-pivô participou de duas edições olímpicas. Em Londres-2012, a Seleção caiu nas quartas de final contra a Argentina. Já na Rio-2016, não passou da primeira fase. A primeira convocação de Guilherme aconteceu em 1995, para o Campeonato Sul-Americano. Ao todo, foram 22 anos dedicados à amarelinha.

Desafio de Habilidades conhece finalistas

O Desafio de Habilidades do NBB conheceu, neste sábado, seus sete participantes. Além de Dawkins, Davi Rossetto e Fúlvio, pré-selecionados, Palácios, Georginho, Tyrone, Cafferata e Betinho venceram seus duelos contra Arthur, Olivinha, Holloway, Anthony e Alexey, respectivamente, e estão classificados para a competição que ocorre neste domingo, a partir das 10h, no ginásio do Ibirapuera.










E MAIS: