Guilherme Costa fica em penúltimo na qualificatória dos 400 metros livre em Tóquio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***Rio de Janeiro, Rj, BRASIL. 28/04/2018; Retrato do nadador Guilherme Costa, jovem revelação da natação do Brasil, atual recordista sul-americano das provas de longa distância.  ( Foto: Ricardo Borges/Folhapress)
***ARQUIVO***Rio de Janeiro, Rj, BRASIL. 28/04/2018; Retrato do nadador Guilherme Costa, jovem revelação da natação do Brasil, atual recordista sul-americano das provas de longa distância. ( Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

TÓQUIO, JAPÃO (FOLHAPRESS) - Guilherme Costa acreditava ter chance de medalha nos 400 m livre da natação porque a categoria estaria muito equilibrada nas Olimpíadas de Tóquio. Na sua qualificatória da prova, o brasileiro decepcionou. Com o tempo de 3min45s99, ele ficou em sétimo, o penúltimo colocado na manhã deste sábado (24), horário de Brasília, no Centro Aquático da capital japonesa.

A bateria foi vencida pelo britânico Henning Benner Muhleitner, com o tempo de 3min43s67. Costa ainda vai nadar os 800 e os 1500 metros livre nas Olimpíadas de Tóquio.

Decepcionado com o próprio resultado nos 400 metros livre, Guilherme Costa reconheceu que "não tem desculpa" para o penúltimo lugar em sua qualificação. O resultado o deixou fora da briga por medalhas nesta prova.

"Eu estava pronto para fazer um tempo muito melhor. Me sento muito bem no aquecimento e na hora da prova não estava igual. Os primeiros 200 metros foram bem sofridos. Consegui crescer no final, mas não do jeito que eu queria. Não posso cometer este tipo de erro numa competição dessas", disse.

Ele considerava os 400 metros sua principal prova olímpica, mas agora muda o foco para a que pensa ser sua segunda melhor: os 800 metros. "Tenho de pensar nos 800 metros e sem cometer erros", analisou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos