Guilherme Arana, ex-Corinthians, se despede do Sevilla e deve ir para a Itália

O Sevilla segue buscando novos clubes ao jogadores que não contam com a confiança do treinador Julen Lopetegui e a saída mais próxima de acontecer deve ser a do brasileiro Guilherme Arana. O lateral esquerdo não treinou na manhã desta terça-feira e foi à Cidade Desportiva José Ramón Cisneros Palacios, centro de treinamento do Sevilla, para se despedir do elenco.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Arana parece ter como destino certo a Itália. Mas o clube que ele vai reforçar ainda não está confirmado. Nas últimas horas ele teve seu nome ligado com o SPAL e com a Atalanta, ambos times da Serie A.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

O brasileiro chegou ao Sevilla em 2018, depois de boas atuações pelo Corinthians, sendo apontado inclusive como um dos laterais mais promissores do Brasil. Mas Arana não conseguiu manter uma regularidade no time espanhol, mesmo ganhando algumas oportunidade com Pablo Machín em diversos momentos da temporada passada. Nesta janela de transferências Reguilón foi contratado e Escudero seguiu no time, o que fez com que Lopetegui abrisse mão do brasileiro.

Arana era alvo do Corinthians desde janeiro. Durante todo o primeiro semestre especulou-se a sua volta e Andrés Sanchez, presidente corintiano, chegou a ir até a Espanha para negociar com o Sevilla. Nada se concretizou e Andrés disse que “fez de tudo” para ter o jogador de volta e que estava decepcionado com a diretoria do clube.

Até 2 de setembro, quando se encerra a janela de transferências, o Sevilla tentará negociar outros jogadores. Sergio Rico, Simon Kjaer e Sergi Gómez não fazem parte dos planos de Lopetegui e, assim como Arana, devem ser negociados.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter


Leia também