GUIA DO PAULISTÃO: Para sair da seca, São Paulo busca vencer estadual

LANCE!
·3 minuto de leitura


Em busca de um título estadual que não vem desde 2005, o São Paulo inicia o Paulistão com a premissa de apagar uma temporada que poderia ser de conquistas, mas foi marcada por vexames e eliminações traumáticas para o clube e a torcida são-paulina.

São Paulo bateu na trave no Brasileirão! Lembre títulos que o Tricolor passou perto de vencer

No Grupo B da competição, juntamente com Ferroviária, São Bento e Ponte Preta, o São Paulo estreia contra o Botafogo-SP, no próximo dia 28, às 19h, no Morumbi. O novo técnico da equipe, Hernán Crespo, já admitiu que entrará no estadual para ganhar e não somente como teste para o restante da temporada.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO FINAL DO BRASILEIRÃO

Time-base: Thiago Volpi; Igor Vinicius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes e Gabriel Sara; Luciano e Carneiro (Pablo). Técnico: Hernán Crespo.

Vaivém do Tricolor
Quem chega:
Bruno Rodrigues (atacante - Ponte Preta), Hernán Crespo (técnico, Defensa y Justicia-ARG)
Quem sai: -
Quem pode chegar: Kanu (zagueiro - Botafogo), Gabriel Neves (volante - Nacional-URU)
Quem pode sair: Juanfran (lateral-direito - fim de contrato)
Necessidade de reforços: Lateral-direito, volante, centroavante
Retornos de empréstimo: Jean (goleiro - Atlético-GO), Hudson (volante -Fluminense), Shaylon (meia - Goiás), Everton Felipe (atacante - Atlético-GO)


Os primeiros jogos do São Paulo no Paulistão 2021:
28/02 - São Paulo x Botafogo-SP, no Morumbi
03/03 - Inter de Limeira x São Paulo, no Major Levy Sobrinho (Limeira)
06/03 - São Paulo x Santos, no Morumbi
13/03 - Novorizontino x São Paulo, no Jorge Ismael de Biasi (Novo Horizonte)
21/03 - Palmeiras x São Paulo, no Allianz Parque

Opinião do setorista
Gabriel Santos: O São Paulo entra nesse Campeonato Paulista como a grande chance de sair da seca de títulos, que dura desde 2012. O novo técnico da equipe, Hernán Crespo, já afirmou que não entrará no estadual como teste, mas sim para vencer. Acredito que a parte psicológica é a grande ameaça do Tricolor na competição, tendo o peso de conquistar um título para aliviar o clima nos arredores do Morumbi.

Crespo terá um desafio grande pela frente, com novo estilo de jogo, mas com um elenco que pode entregar mais. Sobre o time, o torcedor são-paulino terá que se acostumar a ver uma equipe com cada vez mais jogadores jovens, com baixo custo e que podem trazer retorno ao clube, tanto esportivamente, como financeiramente, caso do atacante Bruno Rodrigues, que chegou da Ponte Preta.

Como já relatado, o São Paulo entra no Paulistão com o objetivo de quebrar a incômoda sequência de oito anos sem títulos, além de voltar a vencer o estadual depois de onze temporadas. O Tricolor já bateu na trave em algumas ocasiões como em 2019, quando perdeu a decisão para o Corinthians. Além disso, um título no começo de trabalho de Crespo pode dar uma aliviada e tirar o peso das costas do elenco são-paulino.

Por fim, o retrospecto recente em clássicos, algo essencial na conquista de um título estadual, pode der ânimo ao torcedor. Na última temporada, em nove jogos, foram três vitórias, quatro empates e duas derrotas, um aproveitamento de cerca de 48%, o melhor aproveitamento desde 2014.