Guia do Campeonato BR Feminino 2019 (parte I)

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Vai começar a Série A-1 do Campeonato Brasileiro Feminino! Neste sábado (16) às 15h (Brasília), Minas Icesp e São José dão o pontapé inicial da competição, que será disputada por 16 times em sistema de turno único na primeira fase, com os oito melhores garantindo vaga no mata-mata.

Será a sétima edição da competição. Ferroviária, Flamengo, Santos e Corinthians são os times que podem se tornar os primeiros bicampeões nacionais da história, já que venceram em 2014, 2016, 2017 e 2018, respectivamente. Os outros campeões foram Centro Olímpico (2013) e Rio Preto (2015).

<em>Disputa começa neste sábado (16) e reúne 16 equipes em turno único (Mauro Horita/CBF)</em>
Disputa começa neste sábado (16) e reúne 16 equipes em turno único (Mauro Horita/CBF)

Pela primeira vez, não haverá critério de desempate no mata-mata. Qualquer igualdade no placar após os jogos de ida e volta será resolvida nos pênaltis. A CBF vai ajudar os participantes com passagens rodoviárias e aéreas (acima de 500km) para 25 pessoas do clube visitante, além de ajuda de custo de R$ 5 mil para jogos como visitante e R$ 10 mil para jogos em casa, para despesas como ambulâncias, arbitragem e exames antidoping.

O blog Deixa Ela Jogar conversou com os clubes e preparou um guia em duas partes para saber como cada equipe chega para a principal competição nacional de futebol feminino. As craques para ficar de olho e os principais reforços da temporada foram indicados pelas equipes. A primeira parte traz a preparação de Audax, Corinthians, Internacional, Minas Icesp, Ponte Preta, São José, Vitória/BA e Vitória/PE.

Amanhã publicaremos a segunda parte do especial, com informações das outras oito equipes. Confira a tabela no site da CBF.

Audax (SP)

<em>Audax reformulou equipe e tem como objetivo permanecer na elite em 2019 (Divulgação/Audax)</em>
Audax reformulou equipe e tem como objetivo permanecer na elite em 2019 (Divulgação/Audax)

O time montou o elenco às pressas em 2019 e tem como principal objetivo se manter na elite nacional. O técnico Marcello Frigério informou que o time se preparou como pode e espera poder fazer ajustes ao longo da temporada.

“O clube nos deu toda estrutura para que fizéssemos o melhor, estamos nos dedicando ao máximo cuidando nos mínimos detalhes de tudo e com certeza essa estrutura oferecida é que vai dar um lastro para equipe no decorrer do ano”, disse.

O investimento na equipe feminina é de cerca de R$ 60 mil por mês. As jogadoras contam com contrato por tempo determinado e ainda não têm carteira assinada.

  • Técnico: Marcello Frigério

  • Craques para ficar de olho: Lucero Robayo

  • Principais reforços da temporada: Time completamente reformulado

Corinthians (SP)

<em>Atual campeão, Corinthians vai em busca do bicampeonato (Mauro Horita/CBF)</em>
Atual campeão, Corinthians vai em busca do bicampeonato (Mauro Horita/CBF)

Atual campeão nacional, a equipe alvinegra está treinando desde a metade de janeiro e disputou alguns jogos-treino para testar e encaixar as novas peças. Sob o comando do prestigiado Arthur Elias, o Timão tem força para buscar o bicampeonato.

“Como atuais campeãs, a nossa expectativa é grande. Sempre entramos em todos os campeonatos almejando a disputa destes e para o Brasileiro não é diferente”, disse o clube.

O Corinthians ainda não assina as carteiras das jogadoras e diz que esse é um projeto futuro, mas garante às atletas convênio médico de ponta, apoio nutricional, moradia, apoio educacional por meio de parcerias e equipes exclusivas de fisioterapia. O time não divulgou o investimento na equipe feminina.

  • Técnico: Arthur Elias

  • Craques para ficar de olho: Erika (Z), Gabi Zanotti (M) e Adriana (A)

  • Principais reforços da temporada: Taty Amaro (goleira), Dih (Z), Juliete (LE), Ingryd (M), Victoria Albuquerque (M), Giovanna Crivelari (M)

Internacional (RS)

<em>Gurias Coloradas herdaram vaga do Rio Preto na Série A-1 (Divulgação/Inter)</em>
Gurias Coloradas herdaram vaga do Rio Preto na Série A-1 (Divulgação/Inter)

O clube disputaria a Série A-2 (segunda divisão) em 2019, mas herdou a vaga do Rio Preto, que desistiu da competição. A equipe gaúcha passou por grande reformulação, teve uma preparação em dois turnos durante toda a pré-temporada e quer buscar ao menos uma vaga no mata-mata.

“Nossa expectativa, agora estando na SérieA-1, é classificar, chega entre os oito e depois entre os quatro e a gente vai indo. Sem dúvida, quando Inter entra numa competição, nosso pensamento é sempre a vitória”, disse a diretora de futebol Duda Luizelli.

Todas as atletas maiores de 20 anos de idade possuem carteira assinada, assistência média e demais benefícios e a equipe investe pesado na base, com abertura de novas categorias, como sub-14 e sub-16. A equipe não informou o investimento mensal no feminino.

  • Técnico: Maurício Salgado

  • Craques para ficar de olho: Todo o grupo

  • Principais reforços da temporada: Mayara e Stefane (G), Flávia Gil, Mariana e Nalon (Z), Belinha, Bruninha, Gabi Batista e Ilana (L), Silvana Bispo, Camilinha, Maju e Margi (V), Malu, Mari Pires e Nana (M) e Grabias, Jheniffer e Luana Spindler (A).

Minas Icesp (DF)

<em>Minas Icesp foi campeão da Série A-2 e chegou à elite em 2019 (Cláudio Bispo/Minas Icesp)</em>
Minas Icesp foi campeão da Série A-2 e chegou à elite em 2019 (Cláudio Bispo/Minas Icesp)

Campeão da Série A-2 sobre o Vitória no ano passado e recém-alçado à elite, o time contatou bons reforços, como a atacante Nycole, que estava no desmanchado Sport e está no radar de Vadão na Seleção Brasileira. Pode ser uma das surpresas do torneio.

O clube não respondeu às perguntas do blog sobre profissionalização de atletas e investimento no time feminino.

  • Técnica: Singol Santos

  • Craque para ficar de olho: Nycole

  • Principais reforços da temporada: Clube não informou

Ponte Preta (SP)

<em>Chicão e Doroteia, do Realidade Jovem, encerraram parceria com Rio Preto e fecharam com a Ponte (Rodrigo Corsi/FPF)</em>
Chicão e Doroteia, do Realidade Jovem, encerraram parceria com Rio Preto e fecharam com a Ponte (Rodrigo Corsi/FPF)

O clube encerrou a parceria com Valinhos e herdou o elenco e a estrutura da Associação Esportiva Realidade Jovem, que encerrou a parceria vitoriosa com o Rio Preto. O time de Campinas terá à sua disposição a estrutura e o elenco montados por Doroteia de Souza e o técnico Chicão Reguera.

“Estamos certos que com a camisa pontepretana essa história de sucesso vai continuar. É importante ressaltar que a técnica Doroteia de Souza, além de comandar a equipe principal, é craque em encontrar novos talentos por meio da escolinha em que trabalha atletas dos 14 aos 17 anos. A parceria da Ponte abrange as 25 atletas do time principal e as 25 do sub-18 também”, disse o coordenador de marketing da Ponte, Maurício Gontijo.

A equipe não deu informações sobre profissionalização de atletas e investimento. A Ponte Preta fechou uma parceria com a Prefeitura de Bálsamo para mandar os jogos na cidade, no estádio Manoel Ferreira.

  • Técnico: Chicão Reguera

  • Craques para ficar de olho: Clube não informou

  • Principais reforços da temporada: Clube não informou

São José (SP)

<em>Águia do Vale abre o torneio contra o Minas Icesp neste sábado, em Ceilândia (Divulgação/São José)</em>
Águia do Vale abre o torneio contra o Minas Icesp neste sábado, em Ceilândia (Divulgação/São José)

A tradicional Águia do Vale ficou fora das quartas de final no ano passado e quer mudar a história em 2019. O time focou em preparação física na pré-temporada para dar condicionamento às atletas e fez alguns amistosos visando a estreia contra o Minas.

“Trabalhamos sempre com a expectativa de alcançarmos as melhores posições nas competições que disputaremos. Sabemos que será uma temporada difícil, mas estamos nos preparando para alcançar os objetivos traçados pela comissão técnica”, disse.

O clube não informou sobre a profissionalização de atletas nem sobre o investimento na equipe, que é mantido pela Prefeitura de São José dos Campos.

  • Técnico: Cleber Arildo

  • Craques para ficar de olho: O grupo

  • Principais reforços da temporada: Clube não informou

Vitória (BA)

<em>Equipe foi vice-campeã da Série A-2 em 2018 após perder final pro Minas (Maurícia da Mata/Vitória)</em>
Equipe foi vice-campeã da Série A-2 em 2018 após perder final pro Minas (Maurícia da Mata/Vitória)

Outro clube que subiu para a primeira divisão neste ano, o Vitória quer surpreender e contratou duas novas atacantes para esta temporada. Desde o dia 21 de janeiro, só foca em “treino, treino e treino”, como explicou a coordenadora Maniele Gleize.

“A gente fez a parte toda da avaliação física e fisiológica das atletas e a preparação é muito treino, tanto na parte tática, técnica e musculação para a gente estrear bem e fazer um bom Brasileiro”, disse Maniele.

O time está levando a sério a profissionalização do futebol feminino. Assinou a carteira de 15 atletas e dá ajuda de custo às demais. O investimento mensal é de R$ 60 mil reais.

  • Técnico: Lucas Grillo

  • Craque para ficar de olho: Tainara (Z)

  • Principais reforços da temporada: Bárbara (LE), Isabela (LD), Thalya (G), Bruna (V), Itacaté (A) e Joyce (A)

Vitória (PE)

<em>Vitória das Tabocas fechou parceria de última hora com o Santa Cruz (Divulgação/Vitória)</em>
Vitória das Tabocas fechou parceria de última hora com o Santa Cruz (Divulgação/Vitória)

O Vitória ainda corre atrás de elenco e comissão técnica. Sem time desde agosto de 2018, quando dispensou as atletas e desistiu de disputar o Pernambucano, a equipe corria o risco de ficar fora do torneio. Por pressão da Federação Pernambucana e para não ser punido pela CBF, acertou uma parceria com o Santa Cruz na semana passada e irá disputar a competição, mas ainda não há detalhes sobre as jogadoras e a estrutura.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos