Canais de TV homenageiam Gugu com programação especial neste domingo

Yahoo Vida e Estilo
Gugu Liberato. Foto: RecordTV/divulgação
Gugu Liberato. Foto: RecordTV/divulgação

Durante muitos anos, Gugu Liberato dominava a programação dominical da televisão brasileira. Dois dias depois que a morte do apresentador foi confirmada, os principais canais da TV aberta fazem uma homenagem especial ao comunicador, que faleceu aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico em Orlando, nos Estados Unidos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O tributo começa na Record, casa mais recente do apresentador. A partir das 9h, Luiz Bacci abre o dia com as informações do jornalismo. O “Domingo Show” vem em seguida, às 11h, também com conteúdo celebrando a memória de Gugu.

Leia também:

No SBT, onde o comunicador construiu grande parte de seus 46 anos de carreira, a homenagem é feita pelo amigo Celso Portiolli no “Domingo Legal”, atração que marcou época nas mãos de Gugu nos anos 90.

Outros dois programas da Record lembram a trajetória do apresentador: “A Hora do Faro”, às 15h45, sob o comando de Rodrigo Faro, e o “Domingo Espetacular”, às 19h45, com sua cobertura jornalística.

A Globo também se junta ao time das homenagens com um especial no “Fantástico”, a partir das 21h.

Gugu Liberato sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando tentava fazer um reparo no ar-condicionado no sótão de sua casa. Ele bateu a cabeça e sofreu uma fratura na têmpora direita.

Somente na sexta, a morte encefálica foi confirmada pelo neurocirurgião brasileiro Guilherme Lepski, convocado a Orlando às pressas.

Nas redes sociais, amigos e colegas do meio artístico lamentaram a perda. Entre eles, os integrantes da família de Silvio Santos, que tinham longa relação com Gugu, e artistas internacionais como Maria Antonieta de las Nieves, atriz de “Chaves”, e Thalía, presenças constantes nos programas comandados por ele.

A assessoria do apresentador informou que o velório será aberto ao público, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). A data, no entanto, ainda não foi definida. O corpo será sepultado no jazigo da família no Cemitério do Morumbi, na capital paulista.

Um dos motivos para a demora no traslado do corpo, que deve chegar ao Brasil depois da próxima quarta-feira, é o processo de doação de órgãos. Era um desejo do próprio apresentador e foi autorizado pelos familiares de Gugu. Até 50 pessoas na fila de transplante poderão ser beneficiadas com o procedimento.

Leia também