Guerrero se ofereceu ao Corinthians antes de assinar com Inter

Yahoo Esportes
<em>Peruano assinou contrato de três anos com o Inter (Roberto Vinícius/Gazeta Press)</em>
Peruano assinou contrato de três anos com o Inter (Roberto Vinícius/Gazeta Press)

Apresentado com festa pelo Internacional, nesta quarta-feira, o atacante Guerrero cogitou a possibilidade de voltar ao Corinthians nos últimos dias. Um dirigente importante do Corinthians garantiu à Blog que os empresários do peruano o ofereceram diversas meses no mês passado. “Foram muitas tentativas. Muitas mesmo”, assegurou o corintiano.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Guerrero já sabia, em julho, que não ficaria no Flamengo e procurava outro clube para jogar no Brasil. Sua pedida, na oportunidade, era de R$ 700 mil por mês de salários e R$ 15 milhões de luvas, divididas em um contrato de três temporadas.

Apesar das investidas da OTB Sports, empresa que representa Guerrero, a negociação com o Corinthians nunca avançou. Tudo porque o presidente alvinegro Andrés Sanchez descartou o retorno do centroavante. “Queremos ele longe do Corinthians”, disse Andrés, a um dos interlocutores dos contatos com a OTB.

Guerrero deixou o Parque São Jorge três anos atrás causando uma enorme decepção na torcida e também na diretoria. Tudo porque ele pedia R$ 18 milhões para renovar o contrato. O valor foi considerado absurdo, já que naquela época não existia o hábito de se pedir luvas vultuosas em casos de renovação. O Flamengo, então, aceitou bancar as cifras e levou o peruano.

Agora, o Inter fechou com Guerrero por três anos com valores menores. O Colorado vai desembolsar, com a ajuda do empresário Delcir Sonda, R$ 10 milhões de luvas. Já os salários e a produtividade ficarão na casa dos R$ 500 mil mensais. Desta maneira, ele ficará com um rendimento mensal de quase R$ 800 mil.

Leia mais:
– Besiktas ‘some’ e Santos fica sem Vagner Love
– Jogo é banido na China por não ser compatível com socialismo
– Após 42 anos, geração do vôlei de Montreal se reencontra no Rio

Na área com Nicola – Guerrero, um péssimo investimento no Flamengo


Leia também