Guerra pode reforçar Palmeiras em jogo de volta

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O treino do Palmeiras desta terça-feira (4) teve como novidade principal a presença de Alejandro Guerra. O venezuelano não tem participado das atividades normais desde que voltou da sua participação pela seleção, nas Eliminatórias.

Com duas fraturas no nariz e um problema no quadril, ele reapareceu em campo pela primeira vez desde então e poderá reforçar o time na sexta-feira (7), no jogo de volta das quartas de final do Paulista, contra o Novorizontino.

Eduardo Baptista ainda poderá contar com os retornos de Vitor Hugo e Zé Roberto, que estavam suspensos. Em contrapartida, não poderá contar com Roger Guedes, suspenso.

Outro desfalque certo é Jean. Afastado por conta de uma fissura no pé direito, ele apareceu em campo nesta terça-feira (4) apenas para fazer iniciar alguns trabalhos físicos. Ele correu ao lado de Dudu, que faz tratamento especial após uma pancada sofrida no jogo de ida.

PACAEMBU

Por não poder jogar em casa por causa dos shows que estão sendo realizados no Allianz Parque, o Palmeiras recebe o Novorizontino na sexta-feira no estádio do Pacaembu.

De olho na adaptação do gramado, a equipe treinará por lá na quinta-feira. Tchê Tchê lamentou a ausência da arena.

"Muda pouca coisa. Não temos de alegar como desculpa. Claro que gostaríamos de jogar na arena, estamos acostumados, conquistamos o Brasileiro ali. Vamos procurar jogar como jogamos em casa, sempre respeitando a equipe do Novorizontino", explicou em entrevista coletiva.

Sem sua casa, o Palmeiras pode perder por até um gol de diferença que ainda estará classificado para a semifinal. Perder por dois gols significará decidir a vaga nos pênaltis.