Guerra entre Atlético-MG e Flamengo também no extracampo

·1 min de leitura
Presidente do Galo, Sergio Coelho tem sido ignorado por Rodolfo Landim (Divulgação/Atlético)

Engana-se quem pensa que o bicho só vai pegar entre Flamengo e Atlético-MG a partir das 19h deste sábado. Os dois clubes já estão brigando desde o início da semana, e por motivos diferentes. O maior deles diz respeito aos ingressos para visitante no Maracanã.

Presidente do Galo, Sergio Coelho fez inúmeras tentativas frustradas de falar com Rodolfo Landim, presidente do Rubro-Negro, por telefone. Nenhuma das ligações sequer foi retornada.

Leia também:

Foi então que o Atlético decidiu recorrer ao STJD para cobrar o repasse de 10% das entradas no Maracanã, ou cerca de 7 mil lugares. O tribunal de justiça estabeleceu a sexta-feira como prazo para uma resposta do Flamengo.

Fla e Galo se tornaram os maiores rivais do país nesta temporada por causa da força de seus times. Muitos imaginavam até que eles decidiriam tudo. Na Libertadores, o Atlético falhou na semifinal. Na Copa do Brasil, foi a vez de o Fla cair uma fase antes da decisão.

Diante disso, a sonhada final entre eles ocorrerá num campeonato de pontos corridos. Se o time de Cuca vencer o de Renato Gaúcho no sábado, será campeão nacional após 50 anos - a diferença iria para 16 pontos. O Fla precisa vencer para reduzir a desvantagem para dez pontos, com dois jogos a menos. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos