Guardiola testa positivo para Covid-19, e Manchester City chega a 21 casos no departamento de futebol

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Pep Guardiola será desfalque para o Manchester City nas próximas partidas (Foto: CARL RECINE / POOL / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Manchester City
    Manchester City
    Ao VivoHojeAmanhãx--|


Em meio a um surto de Covid-19 na Europa, o Manchester City anunciou nesta quinta-feira que o técnico Pep Guardiola testou positivo para a doença. Desta forma, o catalão de 50 anos será desfalque na beira do campo na partida dos Cityzens nesta sexta-feira, contra o Swindon Town, pela Copa da Inglaterra.


O Manchester City não informou o estado de saúde de Guardiola, mas confirmou que o comandante já está cumprindo isolamento. Além do treinador, o auxiliar Juanma Lillo também teve o coronavírus confirmado. O clube inglês será comandando pelo assistente Rodolfo Borrell nesta sexta.

+ Veja a tabela e os jogos da Premier League

Com os dois casos confirmados nesta quinta-feira, o Manchester City agora tem um total de 21 pessoas afastadas por estarem com a doença ou terem contato com alguém infectado. Deste número, 14 são membros do estafe e os outros sete são jogadores.

+ Veja nomes que vão agitar o vaivém europeu

Dos jogadores infectados, sabe-se que o lateral-esquerdo Oleksandr Zinchenko e o meia-atacante Phil Foden estão entre os que testaram positivo. Ambos ficaram de fora do último duelo da equipe, contra o Arsenal, no domingo passado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos