Guardiola fecha as portas para uma volta ao Barcelona

·1 minuto de leitura
Pep Guardiola está no último ano do contrato com o Manchester City
Pep Guardiola está no último ano do contrato com o Manchester City

O técnico espanhol Pep Guardiola descartou neste sábado a possibilidade de voltar a comandar o Barcelona pela segunda vez, afirmando que seu "desejo" é vencer na Inglaterra. 

Guardiola é o treinador de maior sucesso da história do Barça, tendo conquistado 14 títulos em quatro anos liderando a equipe entre 2008 e 2012. 

Após Josep Maria Bartomeu finalmente ceder  à pressão interna e renunciar ao cargo de presidente do clube espanhol, um dos candidatos com mais chances de assumir essa posição, Víctor Font, disse que gostaria de ter Guardiola e os ex-jogadores Xavi Hernández e Carles Puyol de volta. 

"Já disse isso muitas vezes. Meu tempo como treinador no Barcelona acabou. Acho que na vida há uma oportunidade para fazer coisas", afirmou o treinador catalão após a vitória do Manchester City por 1 a 0 sobre o Sheffield United (1 -0) pelo Campeonato Inglês . 

"Existem pessoas incríveis que podem estar no comando, agora, por exemplo, (o treinador) Ronald Koeman é um excelente treinador. Acabou", destacou o espanhol. 

Torcedor do Barça desde criança, Guardiola foi capitão do time e ainda vai de vez em quando para assistir aos jogos do Camp Nou. 

"Voltarei à minha cidade natal para assistir a um jogo do meu clube. Estou muito feliz aqui, ainda conservo o desejo de continuar e isso é o mais importante", acrescentou. 

"Agora haverá eleições no Barcelona. Espero que eles possam escolher o certo para manter este clube incrível no mais alto nível." 

Guardiola acaba de iniciar sua quinta temporada no Manchester City. Nunca ficou à frente de um time por tanto tempo. 

Ele está no último ano de contrato, brilhante a nível nacional, mas sobrecarregado por seus fracassos na Liga dos Campeões, seja com o Bayern de Munique ou com o City.

kca/pb/iga/gh