Guardiola diz que Aguero ainda está a semanas de retornar após Covid-19

·1 minuto de leitura
Sergio Aguero durante partida do Manchester City contra o Olympique de Marselha pela Liga dos Campeões

LONDRES (Reuters) - O atacante do Manchester City Sergio Aguero deixou o isolamento por causa da Covid-19, mas ainda está a semanas de retornar, disse o técnico Pep Guardiola nesta terça-feira.

O maior artilheiro do líder da Premier League testou positivo para o novo coronavírus no início do mês passado e não joga como titular desde outubro devido a uma cirurgia no joelho que o tirou de campo no começo da temporada.

O argentino postou uma mensagem no Twitter no domingo, porém, dizendo que já estava totalmente recuperado.

"Eu estava na academia do clube hoje e logo estarei de volta para treinar com meus companheiros de equipe. Mal posso esperar", disse ele.

Guardiola não relacionou Aguero para o jogo fora de casa na quarta-feira contra o Burnley e indicou que o atacante terá de ser paciente.

"Quando um cara sofre de Covid, pode levar semanas para se sentir melhor. Ele ainda não está treinando em campo", afirmou o treinador aos repórteres.

"Ele começou a se movimentar um pouco ontem, então vai precisar de algumas semanas para voltar... É importante para nós tê-lo de volta aqui."

O City está três pontos à frente do segundo colocado Manchester United e quatro à frente do atual campeão Liverpool, com um jogo a menos em relação aos dois.

Guardiola disse que o City não tem novos problemas com lesões, sendo que Nathan Ake e Kevin De Bruyne permanecem fora dos gramados.

(Reportagem de Alan Baldwin)