Guardiola dispara sobre Xavi Hernández: "Não tem que ser meu herdeiro"

·1 min de leitura
Barcelona manager Pep Guardiola (centre) celebrates with Xavi after the final whistle   (Photo by Stephen Pond - PA Images via Getty Images)
Pep Guardiola abraça Xavi em conquista pelo Barcelona. Foto: (Stephen Pond - PA Images via Getty Images)

Retornando ao Barcelona após décadas de glórias no clube espanhol, o ex-meiocampista Xavi Hernández é o novo treinador do Barça. A contratação não escapou, porém, de comentários de Pep Guardiola, comandante de Xavi no clube da Catalunha.

Quando questionado, em um evento solidário de golfe contra a ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), Guardiola disse que "Se Laporta e seus pares escolheram Xavi é porque há milhões de prós e poucos contras".

Leia também:

O atual comandante de Manchester City completou dizendo que Xavi "conhece a casa e levará energia positiva" ao elenco que sofre desde a saída de Lionel Messi para o Paris Saint Germain.

Incomodado sobre as comparações de Xavi com ele, Guardiola demonstrou insatisfação quando relatou que "eu não fui herdeiro de ninguém e Xavi não tem que ser o meu herdeiro. É ele quem vai tomar as decisões, não se pode fixar ao passado".

Xavi Hernández assinou contrato com o Barcelona até o meio de 2024 e já começou a tomar fortes decisões no clube, como um novo departamento médico. O treinador de 41 anos fará sua estreia oficial no derby da Catalunha, no próximo sábado (20), quando o Barça receberá o Espanyol no Camp Nou.

O Barcelona é o 9º colocado na tabela de La Liga, os catalães somam 17 pontos nas 12 rodadas disputadas até o momento. Xavi irá comandar seus ex-companheiros de gramado e líderes do elenco como Gerard Pique, Jordi Alba, Sergio Busquets e Sergi Roberto. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos