Guarani vence Sampaio Corrêa fora de casa e ainda sonha com acesso na Série B; veja os melhores momentos

·4 min de leitura


Na noite desta quinta-feira (28), o Guarani foi até o Maranhão e venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0 em partida válida pela 32ª rodada da Série B do Brasileirão. De pênalti, Bidú fez o único gol do jogo que, antes, teve polêmica por conta de um tento do time da casa anulado pelo VAR. Com a vitória, o Bugre fica na 6ª posição, a quatro pontos do G4, enquanto que o Tubarão estaciona nos 40 e aparece no 11° lugar.

Agora, as duas equipes voltam a campo na próxima quinta-feira (4). Às 19h, o Guarani recebe o Vasco. Já o Sampaio Corrêa visita o CRB, às 21h30. Ambas as partidas são válidas pela 33ª rodada do Brasileirão Série B 2021.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Faltou pouco!
O começo do jogo no Castelão foi de muito estudo de parte a parte. Com a bola, o Sampaio Corrêa tentou chegar próximo da área do Guarani, mas se deu de frente com uma marcação compacta, que permitiu poucos espaços. O Bugre, por sua vez, assustou quando pisou no ataque. Após sobra na entrada da área, Júlio César ajeitou e finalizou mirando o canto direito, mas mandou para fora.

Se faltou pouco para o Guarani, o mesmo aconteceu com o Sampaio Corrêa do outro lado. Depois de um escanteio curto, o cruzamento rasteiro foi feito na área do Guarani, e a bola passou por dois atacantes dos maranhenses, que não conseguiram completar para o fundo das redes.

Sampaio Corrêa x Guarani
Sampaio Corrêa x Guarani

Equipes ficaram no empate (Foto: Reprodução/Sampaio Corrêa)

Um perto, já o outro...
​A partida continuou equilibrada no Maranhão. Sem criatividade, o Sampaio não conseguiu ser agressivo como desejava em casa. Enquanto isso, o Bugre seguiu à espreita para um contra-ataque. Aliás, foi na velocidade que Júnior Todinho foi lançado e chutou firme, obrigando Luiz Daniel a espalmar.

Diante das dificuldades para chegar por conta própria, o Sampaio teve que se aproveitar de um erro de saída de bola do adversário para criar algum perigo. Entretanto, Ciel isolou após roubar a bola da defesa do time paulista.

Devolvam os gritos!
Bastante ofensivo pelo lado esquerdo, Bidú foi bastante acionado pelos meias o Guarani ao longo do primeiro tempo e, por pouco, não abriu o placar. Ao receber, o camisa 20 arriscou uma bomba de longe e obrigou Luiz Daniel a cair no canto esquerdo para espalmar.

Ainda com problemas para chegar pelo chão, o Sampaio Corrêa encontrou na bola aérea a solução. Em um primeiro momento, Nilson Júnior subiu mais que a defesa do Bugre e cabeceou com perigo. Pouco depois, Luís Gustavo recebeu na esquerda e cruzou para Ciel, que não deu chances para Rafael Martins. Porém, depois de toda a festa, o VAR anulou o lance por impedimento milimétrico do lateral antes da assistência. Assim, o jogo foi em 0 a 0 para o intervalo.

Sampaio volta melhor, mas...
Na volta do intervalo, o time da casa voltou mais incisivo, principalmente com Pimentinha pelo lado direito. Insinuante, o ponta encontrou Ciel duas vezes, mas, na primeira, o centroavante mandou para fora. Já na segunda, a defesa travou na hora.

Apesar de parecer acuado, o Guarani não perdoou quando chegou. Allan Victor saiu cara a cara com Luiz Daniel, mas foi empurrado por Luís Gustavo dentro da área. Chamado pelo VAR, o árbitro analisou o lance, marcou pênalti e expulsou o lateral. Na cobrança, Bidú bateu firme no canto esquerdo do goleiro e abriu o placar.

Faltou ímpeto
Depois do gol, o Sampaio Corrêa sentiu o golpe e novamente, assim como no primeiro tempo, voltou a sofrer com a falta de criatividade diante do forte bloqueio defensivo do Guarani, que mesmo com um a mais, se fechou no seu campo.

Assim, as melhores chances do time da casa vieram em uma saída errada de Rafael Martins, em que Ciel cabeceou por cima do gol e em chute de longe de Léo Artur, que o goleiro do Bugre espalmou após a bola quicar no gramado. Com isso, o placar se fechar em 1 a 0 a favor da equipe paulista.

FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA 0 X 1 GUARANI
​​​Local: Castelão, em São Luís-MA
Data/Horário: 28 de outubro de 2021 (terça-feira), às 19h
Árbitro: Léo Simão Holanda (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Eleutério Felipe Marques Junior (CE)
Gol: Bidú (21'/2°T) (0-1)
Cartões amarelos: Régis, Júlio César, Ronaldo Alves, Pablo (Guarani), Betinho, Ferreira, Nadson (Sampaio Corrêa)
Cartão vermelho: Luís Gustavo (Sampaio Corrêa)

SAMPAIO CORRÊA: Luiz Daniel; Luís Gustavo, Allan (Diego Cardoso, aos 48'/2°T), Nilson Júnior e Alyson (Mascarenha, aos 24'/2°T); Betinho (Baraka, aos 0'/2°T), Ferreira, Nadson (Léo Artur, aos 41'/2°T) e Roney (Jean Silva, aos 24'/2°T); Pimentinha e Ciel. Técnico: Felipe Surian.

GUARANI: Rafael Martins; Diogo Mateus (Mateus Ludke, aos 37'/2°T), Ronaldo Alves, Carlão e Bidú; Bruno Silva, Índio, Rodrigo Andrade (Luiz Gustavo, aos 47'/2°T) e Régis (Andrigo, aos 36'/2°T); Júlio César (Pablo, aos 36'/2°T) e Júnior Todinho (Allan Victor, aos 9'/2°T). Técnico: Daniel Paulista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos