Guarani goleia o Brusque e sobe na classificação do Campeonato Brasileiro da Série B

·3 minuto de leitura


Pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, em jogo frenético, o Guarani goleou o Brusque pelo placar de 4 a 1. Os três primeiros gols do Bugre foram marcados com meia-hora de partida. Dois de Régis e um de Diogo Mateus. Ainda na etapa inicial, Edu diminuiu para o Quadricolor. Mas no início da etapa complementar, Bruno Sávio matou qualquer possibilidade de reação da equipe catarinense e garantiu os três pontos na tabela.

Com o resultado, o Bugre subiu na tabela de classificação, foi para 13 pontos e agora ocupa a 8ª colocação. O Quadricolor permanece no 7º lugar e com os mesmos 13 pontos do time de Campinas.
CALENDÁRIO
Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Guarani enfrenta o Londrina, dia 09 de julho, às 19h, no estádio do Café. Já o Brusque recebe a equipe do CSA, dia 11 de julho, às 20h30, no estádio Augusto Bauer.

A partida
PRIMEIRO TEMPO

30 MINUTOS AVASSALADORES DO GUARANI
No meio da tabela e jogando em casa, o Guarani se viu na obrigação de partir para cima do Brusque. Em 30 minutos, o Bugre foi avassalador e atropelou o Quadricolor no Brinco de Ouro da Princesa.

Logo aos 4 minutos, o meia Régis é derrubado dentro da área por Toty e o árbitro não teve dúvidas para marcar a penalidade. O mesmo Régis partiu para a cobrança e abriu o placar: 1 a 0 para o Guarani.

O Brusque foi em busca do empate e até chegou a empatar com Edu, em gol de bicicleta, mas foi marcado o impedimento. A resposta do Guarani foi em forma de gol, aos 17 minutos. O lateral-direito Diogo Mateus recebeu passe dentro da área e finalizou com maestria: 2 a 0.

O Quadricolor sentiu o baque e Bugre aproveitou para ampliar o marcador. Aos 26 minutos, Régis, que já tinha perdido uma oportunidade poucos minutos antes, recebeu a bola na entrada da área e bateu, a bola desviou em Everton Alemão e matou o goleiro do Brusque: 3 a 0.

BRUSQUE DIMINUI o PREJUÍZO
Aos poucos o time catarinense foi digerindo melhor a desvantagem, foi voltando para partida e criando boas oportunidades. E aos 36 minutos, Edu conseguiu marcar. Após troca de passes na intermediária, Edu recebeu passe e soltou o pé de fora da área. A bola desviou na defesa do Bugre e entrou no canto: 1 a 3.

SEGUNDO TEMPO

GUARANI FAZ O QUARTO NO INÍCIO DA ETAPA FINAL
Após um primeiro tempo tão intenso, era normal que os times voltassem para a etapa complementar em ritmo um pouco mais lento. Mas não foi o que o Guarani fez. Logo no primeiro minuto, o Bugre marcou mais um. Diogo Mateus achou Bruno Sávio dentro da área. Após receber o passe, o jogador do Guarani aproveitou e finalizou com muita qualidade: 4 a 1 para o time Bugrino.

BUGRE CONTINUOU CRIANDO CHANCES
O Brusque não desistiu da partida, mas sofria com os contra-ataques da equipe campineira. Júlio Cesar, Davó e Régis perderam ótimas oportunidades marcar o quinto gol e ampliar a goleada a favor do time do Guarani.

PRESSÃO DO BRUSQUE NO FIM DO JOGO NÃO REDUNDOU EM GOL
O Guarani reduziu o ritmo do meio para o fim da partida. O Brusque cresceu no jogo e começou pressionar em busca de diminuir a grande vantagem no placar. Edu (duas vez) e Jhon Cley poderiam ter marcado, mas a trave, a falta de pontaria e o goleiro Gabriel Mesquita, do Guarani, garantiram a goleada de 4 a 1 do Bugre.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos