Guarani goleia Confiança fora de casa e entra no G-4 da Série B

·5 minuto de leitura


Na noite desta sexta-feira (16), o Guarani foi até Aracaju e venceu o Confiança, por 4 a 1, na abertura da 12ª rodada do Brasileirão Série B. Régis, Davó, Pablo e Allan Victor foram as estrelas da noite, com um gol cada. Caique Sá descontou para o time da casa. A vitória coloca o Bugre, momentaneamente, na vice-liderança do campeonato. Em contrapartida, o Dragão pode entrar no Z-4 a depender dos demais resultados.

Agora, ambas equipes voltam a campo na próxima terça-feira (20), em confrontos válidos pela 13ª rodada do Brasileirão Série B. O Confiança viaja até o Paraná para encarar o Londrina, às 19h. Em contrapartida, o Guarani retorna à Campinas, onde enfrenta o Sampaio Corrêa, no mesmo horário.

Confiança pressiona
​Jogando em casa e precisando do resultado para não entrar na zona de rebaixamento, o Confiança subiu suas linhas nos primeiros minutos de partida na Arena Batistão. Assim, foi através da pressão que a equipes forçou dois erros defensivos do Guarani. No primeiro, Ítalo recebeu e rolou para Serginho que, de primeira, mandou a direita do gol.

Minutos mais tarde do primeiro chute, Ronaldo Alves errou a saída de bola, e Gustavo Ramos arrancou para o fundo e cruzou para o meio, Daniel Penha chegou sendo travado pela defesa e reclamou de pênalti. Contudo, o impedimento já estava marcado. O Guarani só conseguiu chegar aos 11 minutos, com chute de Júlio César defendido por Rafael Santos.

Não se pode vacilar com Régis
​Mesmo depois da pressão dos primeiros 15 minutos, o Confiança seguiu melhor na partida e conseguindo encaixar as melhores jogadas. Pelo lado esquerdo, Ítalo dominou, levou para o pé direito e alçou na área. Serginho não alcançou, mas a bola sobrou para Gustavo Ramos, na segunda trave. O camisa 9 finalizou de primeira e mandou rente ao travessão de Gabriel Mesquita.

Sem aproveitar suas chances, o Confiança viu o Guarani ser letal quando teve a sua. Aos 23 minutos, João Paulo dominou mal e caiu no meio do gramado. Régis recuperou a bola e arrancou no contra-ataque. O meia serviu Davó, que devolveu. Assim, o artilheiro do Bugre na competição driblou Rafael Santos e marcou o seu sétimo gol no campeonato.

Novo erro, novo gol
O gol abalou o Confiança, que perdeu o ritmo e não conseguiu mais pressionar e muito menos criar novas oportunidades para marcar. Com a bola nos pés, o Dragão se viu diante de um Guarani bem fechado, à espreita para puxar o contra-ataque.

Na marca dos 43 minutos, o Confiança errou novamente. Bruno Sene dividiu com Régis no meio do campo, e a bola se ofereceu para Davó, livre. O atacante avançou em direção à área, teve tempo de pensar, hesitou, mas tirou de Rafael Santos, aumentando a vantagem do Bugre em Sergipe e levando o 2 a 0 para o intervalo.

Confiança tenta correr atrás do prejuízo
Na volta do intervalo, o Confiança tentou repetir a pressão que fez nos primeiros minutos da etapa inicial. Contudo, sem muitas chances de avançar pelo chão, o time sergipanos tentou chegar através da bola aérea.

Aos 3 minutos, Daniel Penha cobrou escanteio na cabeça de Victor Sallinas. O zagueiro cabeceou para o chão e venceu Gabriel Mesquita. Entretanto, antes da bola cruzar a linha, Bidu conseguiu salvar e evitou o primeiro gol do Confiança.

Pablo amplia o placar
​Assim como fez durante o primeiro tempo, o Guarani foi mortal quando teve a oportunidade finalizar ao gol adversário. Aos 19 minutos, Índio acionou Bidu pela esquerda. O lateral cruzou na cabeça de Pablo que, livre, tocou no canto oposto de Rafael Santos. A bola ainda beijou a trave antes de morrer no fundo da meta.

O Guarani por pouco não chegou ao seu quarto gol logo em seguida. Depois de entrar, Andrigo saiu frente a frente com o goleiro adversário, que fechou o ângulo e evitou o arremate. Na sobra, o Bugre ainda tentou uma blitz, mas a defesa afastou o perigo.

Virou goleada
Com os espaços à disposição para o contra-ataque, o Guarani não deixou barato o posicionamento defensivo errado do Confiança. Aos 29 minutos, Andrigo recebeu de frente para a marcação e tocou para Allan Victor na esquerda. O atacante dominou e bateu tirando de Rafael Santos, fazendo o quarto.

O gol causou a revolta do zagueiro Nery Bareiro, que saiu do jogo lesionado nos primeiros minutos e estava no banco. A reclamação fez com que o árbitro Héber Roberto Lopes expulsasse o defensor.

Caique Sá desconta em lance individual
​Entregue e já sem ter como reagir, o Confiança parecia apenas esperar o apito final do árbitro. Contudo, a equipe não ficou sem balançar as redes. Aos 39, Caique Sá recebeu pela direita, tirou Bidu da jogada e, mesmo sem ângulo, bateu entre as pernas de Gabriel Mesquita. A bola ainda tocou em Thales antes de entrar.

Os minutos seguintes ao gol mostraram a equipe sergipana tentando diminuir ainda mais o placar elástico, mas sem sucesso. Enquanto isso, o Bugre apenas administrou o tempo e levou os três pontos para Campinas.

FICHA TÉCNICA
CONFIANÇA 1 X 4 GUARANI
Local: Arena Batistão, em Aracaju-SE
Data/Horário: 16 de julho de 2021 (sexta-feira), às 19h
Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Gizeli Casaril (SC)
Gols: Régis (23'/1°T) (0-1), Davó (43'/1°T) (0-2), Pablo (19'/2°T) (0-3), Allan Victor (29'/2°T) (0-4), Caique Sá (39'/2°T) (1-4)
Cartões amarelos: Victor Sallinas, Marcelinho (Confiança), Júlio César, Índio, Régis (Guarani)
Cartão vermelho: Nery Bareiro (Confiança)

CONFIANÇA: Rafael Santos, Marcelinho, Nirley, Nery Bareiro (Victor Sallinas, aos 5'/1°T) e João Paulo (Luciano Juba, aos 15'/2°T); Serginho, Bruno Sena (Neto Berola, aos 0'/2°T) e Jhemerson (Caique Sá, aos 15'/2°T); Daniel Penha, Ítalo (Rafael Vila, aos 25'/2°T) e Gustavo Ramos. Técnico: Rodrigo Santana.

GUARANI: Gabriel Mesquita, Diogo Mateus, Ronaldo Alves (Titi, aos 40'/1°T), Thales e Bidu; Bruno Silva e Índio (Pedro Acorsi, aos 30'/2°T); Régis (Andrigo, aos 15'/2°T), Pablo e Júlio César (Allan Victor, aos 15'/2°T); Davó (Lucão do Break, aos 30'/2°T). Técnico: Daniel Paulista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos