GSP promete músculos extras para luta com Bisping: "Estou maior do que nunca"

Georges St-Pierre está próximo de retornar ao octógono do UFC e transformar em realidade o sonho dos fãs que, desde 2013, aguardam ansiosos para vê-lo em ação novamente. E, embora ainda sem data oficial para enfrentar Michael Bisping pelo cinturão dos médios (84 kg), o canadense já parece pronto para entrar em ação.

Em conversa com os fãs através de um Q&A realizado via redes sociais no Canadá no último final de semana, GSP revelou que já está no peso para a disputa, o que significa que ele aumentou em alguns quilos sua massa corpórea para minimizar a diferença de força em relação ao oponente, campeão da categoria.

“Eu sempre tive o mesmo peso. Quando eu soube que lutaria com o Michael Bisping, quando assinei o contrato, foi quando decidi que colocaria mais peso [no corpo]. Não poderei colocar muito, porque sou um cara natural. Mas já sou um cara um pouco maior do que eu era”, garantiu em conversa em inglês.

Ao que tudo indica, o duelo com o campeão inglês é o favorito para liderar o show de julho, em Las Vegas (EUA), na tradicional semana internacional de lutas. E, assim que a disputa sair de fato do papel, enfim GSP poderá provar que aos 35 anos ele ainda tem potencial para competir em alto nível.

“Estou maior do que eu jamais fui na minha vida. Bisping ainda é maior do que eu, mas estou confiante que isso vai me ajudar”, narrou.

Ex-campeão dos meio-médios (77 kg), GSP negociou por anos o seu retorno ao octógono do UFC. E, ao fazê-lo, já deixou claro que pode competir em três diferentes divisões de peso, abrindo possibilidade ainda para se apresentar como peso-leve (70 kg).