Grupo tricolor está preparado para cobrança da torcida, diz Maicon

Ciente da falta de resultados positivos alcançados pelo São Paulo na última semana, o zagueiro Maicon não eximiu o time das cobranças por parte dos torcedores. Neste domingo, após a vitória do Corinthians por 2 a 0 na primeira partida da semifinal do Campeonato Paulista, membros da organizada Independente protestaram nos portões do Morumbi, chamando a equipe de “amarelona”.

“Quando a fase boa não vem, os resultados não vêm, a torcida questiona, tem todo o direito de comparecer, tem todo o direito de cobrar. A gente sabe o que tem que fazer para a cada jogo acrescentar mais para o torcedor. A gente sempre tem que ser cobrado. Não só eu como todo o grupo está preparado para a cobrança”, pontuou o camisa 27 em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Questionado sobre as duas derrotas em casa nos últimos dois jogos (contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil, além do revés frente ao Corinthians), Maicon exaltou a postura de jogo dos adversários do Tricolor.

“Pegamos duas equipes muito bem organizadas, temos que dar o mérito para eles. As equipes quando vem ao Morumbi entram muito bem defensivamente, da linha do meio para trás. A gente pegou equipes bem organizadas. Tivemos oportunidades de gol não tão claras, mas tivemos – e não aproveitamos”, analisou o zagueiro.

Sobre a derrota para o rival paulista neste fim de semana, o capitão Tricolor reconheceu uma partida abaixo e não se apoiou no erro da arbitragem no primeiro gol do Timão, feito por Jô, em posição de impedimento. “Deixamos o adversário jogar mais, sim, mas não somos um time desorganizado. A gente criou pouco, não atacou. Perdemos porque fomos piores. Não foi culpa da arbitragem, foi nossa”, assumiu.

Sem pensar em outros mata-matas entre as equipes, Maicon agora quer pensar uma decisão por vez. “Quem vive de passado é museu. A gente tem que dar nosso melhor hoje, temos totais condições de superar o adversário. Primeiro agora vamos pensar no Cruzeiro e depois do Corinthians. Então vamos trabalhar firme, forte, minimizar os erros que estamos cometendo para buscar o resultado”, completou.

*Especial para a Gazeta Esportiva