Grupo saudita oferece R$ 18 bilhões para comprar o Chelsea, diz repórter

·2 min de leitura


Após a decisão de Roman Abramovich em vender o Chelsea com o início da guerra entre Rússia e Ucrânia no Leste Europeu, o clube inglês pode estar perto de ser comprado. De acordo com informações da imprensa do Velho Continente, um grupo saudita fez uma proposta para adquirir os Blues.


Segundo o jornalista Ben Jacobs, da "CBC Sports", a Saudi Media Group fez uma oferta no valor de 2,7 bilhões de libras (cerca de R$ 18 bilhões) e pode se tornar a proprietária da equipe. Caso o acordo seja finalizado, o bilionário Mohamed Alkhereiji, que é torcedor fanático do Chelsea, será o dono do time londrino.

+ Veja a tabela e os jogos da Premier League

Jacobs disse ainda que o grupo de Mohamed Alkhereiji não tem ligações com o governo da Arábia Saudita, diferentemente do Newcastle, por exemplo, que é liderado por Mohammad bin Salman. O príncipe do país do Oriente Médio é acusado de mortes, entre elas a do jornalista Jamal Khashoggi, em 2018, e também por estupro. Nos últimos dias, 81 pessoas foram executadas no país.

Apesar de sua empresa não ter ligação com Mohammad bin Salman, Alkhereiji tem proximidade com o líder do governo saudita, como sugere sua página pessoal no Twitter. A foto de perfil do bilionário é justamente com o príncipe do seu país.

Mohamed Alkhereiji, dono da Saudi Media Group, que quer comprar o Chelsea, junto com Mohammed bin Salman, dono do Newcastle
Mohamed Alkhereiji, dono da Saudi Media Group, que quer comprar o Chelsea, junto com Mohammed bin Salman, dono do Newcastle

Mohamed Alkhereiji (à esq.) junto com dono do Newcastle (Foto: Reprodução / Twitter)

+ Fred dá linda assistência, Neymar desencanta, Gerson marca… Os destaques brasileiros no fim de semana do futebol europeu

Nos últimos dias, o governo britânico anunciou sanções que afetam diretamente o dia a dia do Chelsea. Caso não encontre uma solução rapidamente, o clube pode até mesmo encontrar dificuldades de realizar suas operações. Além da Saudi Media Group, existem outros dois interessados em comprar o atual campeão mundial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos