Grupo, misto e individual: basquete 3x3 agita a 39ª edição do Intercolegial em diferentes categorias

·2 min de leitura

Depois da estreia com o handebol, foi a vez de o basquete 3x3 agitar a 39ª edição do Intercolegial. Dividida em cinco categorias, a modalidade foi disputada no último fim de semana na Vila Olímpica da Mangueira, em Benfica, com a participação de 24 equipes de 11 escolas.

A categoria livre feminino abriu os trabalhos, no último sábado, com oito confrontos. As atletas do Camões-Pinochio, de Jacarepaguá, surpreenderam as rivais do ADN Master, do Méier, com uma vitória por 6 a 5 e levantaram o primeiro troféu do dia. Marcella Almeida foi o grande nome da final ao marcar a cesta decisiva faltando dez segundos para o fim e derrubando a sequência de títulos da escola da Zona Norte.

Na disputa pelo terceiro lugar, o Sistema Elite de Ensino derrotou por 10 a 3 o Elpídio da Silva.

Depois, os trios entraram em quadra pela categoria sub-15 mista. O Pio XI, de Ramos, desbancou o favoritismo do Camões-Pinochio na final vencendo por 13 a 9. Autora de seis pontos, Flávia Guerra teve atuação decisiva na conquista do título (nesta categoria, o ponto feminino é dobrado).

— A equipe feminina do Camões é muito forte, assim como a masculina. A gente sabia dessa dificuldade. Tanto que a gente inverteu, colocou os meninos para marcar as meninas e a menina para marcar o menino. Acho que a estratégia funcionou, conseguimos abrir uma pequena diferença e controlamos o jogo nessa vantagem — revela o professor Dudu, técnico de basquete do Pio XI.

O colégio Elpídio da Silva levou o bronze ao bater por 3 a 2 o Santa Mônica Centro Educacional.

Para encerrar o basquete 3x3, as escolas ainda mediram forças pelo título da categoria livre masculina. O Loide Martha, de Caxias, levou a melhor na decisão contra o Elpídio da Silva, de Padre Miguel, vencendo por 11 a 6. Brilhou a estrela de Magno Santos, que foi o melhor em quadra e marcou cinco pontos para a escola da Baixada. Na disputa do bronze, o ADN Master venceu por 11 a 3 sobre a Emoc Nicarágua, de Realengo.

Magno se destacou ainda no torneio masculino de arremessos, levando mais um título para o Loide Martha. No feminino, a campeã foi Cauane Paula Miranda, que garantiu mais uma medalha ao ADN Master.

O próximo final de semana dá continuidade às disputas do Intercolegial, um evento realizado pelo GLOBO em parceria com o Sesc RJ, que neste ano foi batizado de Interolímpico.

No dia 23, serão realizadas as disputas do skate, após a estreia arrebatadora do esporte em Olimpíadas. Será a quarta edição da modalidade no Inter, que pela primeira vez terá uma pista própria, na Vila Olímpica do Encantado, na Zona Norte. Quinze escolas se inscreverem.

— É a união da competição mais tradicional entre estudantes do Brasil e o esporte que mais cresceu nacionalmente nos últimos anos — diz Bruno “Funil”, instrutor e locutor da Confederação Brasileira de Skate

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos