Grupo de clubes ouve Jair Bolsonaro prometer que irá editar nova MP do Mandante

LANCE!
·1 minuto de leitura


Em julho de 2020, a Medida Provisória 984, editada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e referente a transmissões, ganhou forte adesão entre lideranças do futebol brasileiro. Cinco meses após o texto perder a validade na Câmara dos Deputados, a Associação Brasileira de Clubes de Futebol, liderada por Francisco José Battistotti, aguarda que o mandatário edite uma nova MP do futebol, algo que Bolsonaro teria prometido ao grupo.

A informação inicial é do blog "De Primeira", do portal "Uol". A promessa de Jair Bolsonaro ocorreu ainda em 2020. Chamada de MP do Mandante, o texto não chegou a ser votado no período em que Rodrigo Maia (DEM-RJ) era presidente da Câmara dos Deputados - atualmente, Arthur Lira (PP) preside.

Em alteração à Lei Pelé, a MP do Mandante passava, provisoriamente, os direitos de transmissão ou reprodução das partidas esportivas ao clube mandante de jogo. A intenção do novo texto é ter a mesma proposta quanto à venda de direitos de transmissão, além de isentar os clubes de pagamento do Profut durante o período da pandemia da Covid-19.

No início deste mês, a Associação Brasileira de Clubes de Futebol se reuniu com representantes do governo federal para reforçar o anseio pela nova MP.

Cabe lembrar que em julho do ano passado um grupo de 16 clubes da Série A externou o interesse na MP do Mandante publicamente, inclusive com manifesto favorável assinado, que contou com: Bahia, Palmeiras, Ceará, Fortaleza, Sport, Red Bull Bragantino, Athletico-PR, Coritiba, Atlético-MG, Flamengo, Corinthians, Goiás, Vasco, Atlético-GO, Santos e Internacional.