Gremistas culpam falhas no tempo normal por nova eliminação

O Grêmio está fora da final do Campeonato Gaúcho. Nesse domingo, a equipe tricolor caiu nos pênaltis diante do Novo Hamburgo, no Vale do Aço, depois de um empate por 1 a 1 no tempo normal, mesmo placar do duelo de ida, na Arena. Com isso, os gremistas já vão para o sétimo ano seguido sem saber o que é ser campeão Estadual. Após mais uma eliminação, Marcelo Grohe, um dos líderes do elenco, não escondeu sua irritação.

“Estamos pecando em alguns detalhes e isso está nos comprometendo. Pagamos caro por isso. Nos pênaltis, não tivemos a competência de ganhar. Pecamos pelos nossos erros, tanto no jogo da Arena, quanto no jogo de hoje. O professor Renato fala que no futebol, infelizmente, quando acontece falta de concentração, e hoje aconteceu novamente, a gente paga caro. Fizemos o gol, o jogo estava controlado, mas na bola parada levamos o empate”, avaliou o goleiro.

Muitos jogadores evitaram os jornalistas depois da definição na marca da cal. Luan foi sucinto. “Perdemos nos 90 minutos. Demos muito mole de novo e acabamos perdendo”, comentou o camisa 7, com discurso semelhante ao de Pedro Rocha, que completou seu 100º jogo com a camisa do Grêmio nesse domingo. “Sentimento de frustração. Queríamos muito ir para a final, mas não podemos achar que está tudo errado, porque tem bastante campeonato para a gente lutar para ser campeão de novo”, completou.

Agora, a equipe de Renato Gaúcho concentra suas atenções naquela que é a prioridade do clube na temporada: a Copa Libertadores da América. Na quinta-feira, o Tricolor receberá o Guaraní-PAR na Arena, em Porto Alegre.