Grêmio larga na frente do Cruzeiro pela semifinal da Copa do Brasil

Lucas Barrios comemora o gol contra o Cruzeiro. Grêmio leva vantagem do empate para Minas Gerais (Gazeta Press)

Por Gazeta Press

O Grêmio venceu o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0 na Arena e saiu na frente em uma das disputas das semifinais da Copa do Brasil. O time gaúcho acabou com invencibilidade dos mineiros fora de casa na competição. O único gol da partida foi marcado pelo centroavante Lucas Barrios. Com o resultado, o Tricolor joga por um empate na partida de volta no Mineirão.

O centroavante Lucas Barrios chegou a 5 gols em quatro partidas que disputou na Copa do Brasil e se igualou na artilharia do torneio com o cruzeirense Rafael Sóbis.

Os dois times entraram em campo sem novidades na escalação. No Grêmio, o técnico Renato Portaluppi teve o retorno de Edílson na lateral direita. Assim, Léo Moura iniciou o confronto no banco de reservas.

Primeiro tempo
A partida começou com o Grêmio pressionando a saída de bola do Cruzeiro e buscando mais o ataque, enquanto o time mineiro tentava fechar os espaços. Os 10 primeiros minutos foram de muita marcação dos dois lados, sem qualquer perigo ao gol.

A primeira boa chegada foi da equipe mandante. Aos 12 minutos, o Grêmio quase abriu o placar. Na oportunidade, Luan cruzou para a área e o centroavante Lucas Barrios deu um toquinho de cabeça, mas o goleiro Fábio fez saltou no canto direito de defesa e espalmou a bola. Na sequência, a zaga afastou o perigo.

As duas equipes tocavam bastante a bola. Sem conseguir infiltrações pelo meio, o Grêmio tinha que apostar em jogadas pelas pontas que resultavam em cruzamentos para a área. O Cruzeiro preferia apostar nos erros gremistas e insistia em atacar pelo meio.

O Cruzeiro deu o primeiro chute ao gol apenas aos 27 minutos da primeira etapa. O volante Lucas Silva conseguiu se desmarcar e arriscou uma conclusão na entrada da área. A bola ainda desviou no meio do caminho, mas o goleiro Marcelo Grohe defendeu com tranquilidade.

Em outra boa oportunidade gremista, o goleiro Fábio voltou a salvar os mineiros. Aos 35 minutos, o atacante Pedro Rocha recebeu na entrada da área, passou por Henrique e ajeitou a corpo para bater colocado de canhota.Contudo, o goleiro Fábio mais uma vez deu um belo pulo e de com a mão esquerda deu um toquinho na bola mandando para escanteio.

O Cruzeiro parecia, muitas vezes, preferir administrar o empate sem gols e tocava muito a bola sem criação.

O Grêmio pressionou tanto que aos 45 minutos conseguiu abrir o marcador. No lance, o volante Michel acionou a velocidade do atacante Pedro Rocha pela esquerda, o atacante tocou para Luan que entrava na área. O camisa 7 gremista chega finalizando para mais uma defesa do goleiro Fábio que espalmou para o meio. No rebote, o centroavante Lucas Barrios apareceu livre para empurrou a bola para o fundo da rede, levando a Arena a loucura.

Segundo tempo
As duas equipes retornaram ao gramado para a segunda etapa sem modificações, mas com a equipe do Cruzeiro marcando a saída de bola do time gremista. Logo aos 2 minutos, o lateral esquerdo Diogo Barbosa arriscou um chute forte da intermediária e o goleiro Marcelo Grohe deu soco mandando para escanteio.

Em outra oportunidade celeste, o meia Thiago Neves recebeu na direita, carregou um pouco a bola até perto da área, mas no momento da conclusão arriscou um chute colocado muito fraco, fácil para a defesa de Grohe.

Aos 14 minutos, a polêmica da partida. O lateral Ezequiel derrubou Luan quase em cima da linha da área e o árbitro marcou pênalti, porém segundos depois voltou atrás e deu a falta para o Grêmio. Na cobrança, Luan chutou em cima da barreira.

Com a vantagem no placar, desta vez, era a equipe gremista que tocava bastante a bola até alcançar o ataque. Aos 36 minutos, o Grêmio teve uma baixa preocupante. Em uma disputa com o atacante Raniel, o zagueiro Pedro Geromel sentiu a virilha e deixou o gramado chorando na maca. Para o lugar, o técnico Renato Portaluppi colocou Bressan.

Já nos acréscimos o Cruzeiro quase empata. O atacante Raniel passou pela marcação, entrou pela direita na área gremista e chutou cruzado para a defesaça do goleiro Marcelo Grohe, que mandou para escanteio.

Os minutos finais do jogo foram de Grêmio recuado esperando o Cruzeiro, que pouco produziu para criar perigo ao Tricolor.

A partida de volta vai ocorrer na próxima quarta-feira, dia 23 de agosto, no estádio Mineirão, às 21h45 (de Brasília). Para o duelo, o Grêmio pode até empatar que consegue a classificação para a final do torneio.

Antes do confronto decisivo pela semifinal da Copa do Brasil, as duas equipes entram em campo no domingo pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Às 11h (de Brasília), o Grêmio recebe o Atlético-PR na Arena, já o Cruzeiro joga contra o Sport, às 16h (de Brasília), no estádio Mineirão.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 CRUZEIRO

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data: 16 de agosto de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Público: 47.711 (45.102 pagantes)
Renda: R$ 1.758.042,00
Cartões amarelos: Grêmio: Ramiro, Edílson, Pedro Rocha. Cruzeiro: Rafael Sóbis, Robinho, Ezequiel

GOL
Grêmio:
 Lucas Barrios, aos 45 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel (Bressan), Walter Kannemann e Bruno Cortez; Arthur, Michel, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios (Everton).
Técnico: Renato Portaluppi

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero (Ezequiel), Léo, Murilo e Diego Barbosa; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Elber), Alisson e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Raniel).
Técnico: Mano Menezes