Grafite aponta necessidade de reforços no Atlético Mineiro para tirar titulares de 'zona de conforto'

·1 min de leitura


O Atlético Mineiro se prepara para a temporada de 2022 e, para o ex-atacante Grafite, o atual campeão brasileiro deveria estar pensando em reforçar a equipe para o próximo ano. Durante o 'Seleção SporTV' desta sexta-feira, o comentarista do grupo Globo destacou o trabalho de Cuca e a importância de tirar os titulares de 2021 da zona de conforto.

> Veja como ficou a classificação final da Série A do Brasileirão 2021!

- Quando eu falo de reforços eu não falo de reforços para reforças certo setor da equipe. O Atlético está muito bem servido defensivamente, no meio-campo e no ataque. Só que você precisa dar uma movimentada até para os jogadores não entrarem em uma zona de conforto, que foram titulares nesse ano e para o próximo ano achar que vai manter a mesma titularidade - explicou o comentarista.

- E se fechar a vinda do Jorges Jesus, é uma característica completamente diferente da do Cuca, o Cuca conseguiu rodar o elenco. Eu fiz alguns jogos do Campeonato Mineiro e eu falava sempre que o grande desafio do Cuca ia ser gerir aquele elenco de várias estrelas e protagonistas e que em determinados momentos da temporada seriam coadjuvantes - continuou o ex-atacante.

+ Podolski detona Paulo Sousa e mais do Fora de Campo!

- E foram, o Hulk em certo momento, o Nacho chegou bem, depois o Keno voltou e se recuperou, então gerir isso é difícil para um jogador que é protagonista em um clube. E o Cuca conseguiu gerir isso e rodar o elenco. O Jesus já não tem essa característica de rodar o elenco - completou Grafite.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos