Gracie acusa parceiro de treino de McGregor de negar luta

Neiman Gracie está invicto no MMA - Divulgaçã/ WSOF

Promessa brasileira no MMA, Neiman Gracie pode ter perdido a chance de atuar no maior evento da história do Bellator. Isso porque após o sobrinho do veterano Renzo aceitar lutar contra Dillon Danis no dia 24 de junho, em show que será realizado no ginásio Madison Square Garden em Nova York (EUA), o americano acabou desistindo, segundo o representante da família Gracie.

Neiman divulgou a informação de que Dillon desistiu do duelo através da sua conta no Twitter na última segunda-feira (27), e agora, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, explicou como aconteceu. De acordo com o brasileiro, o americano, que é parceiro de treino de Conor McGregor, campeão peso-leve (70 kg) do UFC, negou o combate pois sabia que o estilo de luta do Gracie não casaria com o seu e temia perder em sua estreia no esporte – já que, assim como ele, o sobrinho de Renzo é especialista na luta agarrada.

“Eles me ofereceram a luta. Eu aceitei a luta, ele [Danis] aceitou e agora disse não. Nunca pedi por essa luta, mas disse que aceitava. Eu entendo, sei que o casamento do combate seria ruim para ele. Sei que ele está apenas começando a lutar e ninguém quer começar sua carreira com uma derrota e nenhuma vitória. Eu também não aceitaria a luta”, relatou o brasileiro.

Aos 25 anos e invicto como profissional no MMA, Neiman atua pelo Bellator desde 2015. O representante da família Gracie já venceu três lutas na organização, sendo a última por finalização contra Rudy Bears em novembro de 2016.

Confira abaixo a publicação do brasileiro feita em sua conta no Twitter (ou clique aqui):

guys I was offered the fight with Dillon Davis at @BellatorMMA MSG. We agreed to the fight but he backed out. This is not the first time.

— Neiman Gracie (@NeimanGracie) March 27, 2017