Grêmio vira 'vítima favorita' de técnicos portugueses na América do Sul - relembre cada episódio

Fabio Utz
·1 minuto de leitura

Depois dos anos mágicos de 2016, 2017 e 2018, o Grêmio caiu em uma verdadeira espiral de eliminações. E mais: sem qualquer tipo de contestação. Boa parte desses fracassos, aliás, tem relação direta com treinadores portugueses. Sim, de 2019 para cá ao menos um profissional luso que trabalha (ou trabalhou) na América do Sul acabou tirando o Tricolor de competições importantes a cada temporada. Vamos relembrar esses episódios e seus personagens?

1. Jorge Jesus - Semifinal da Libertadores de 2019

Mengão trucidou o Tricolor gaúcho no torneio continental | Miguel Schincariol/Getty Images
Mengão trucidou o Tricolor gaúcho no torneio continental | Miguel Schincariol/Getty Images

O português, que chegou ao Brasil para revolucionar o futebol do Flamengo, acabou com o Grêmio de Renato Portaluppi na semifinal do torneio. O empate por 1 a 1 na Arena foi seguido de um histórico 5 a 0 no Maracanã.

2. Abel Ferreira - Final da Copa do Brasil de 2020

Verdão ganhou a taça com absoluta soberania | Buda Mendes/Getty Images
Verdão ganhou a taça com absoluta soberania | Buda Mendes/Getty Images

Já campeão da Libertadores, o Palmeiras não deu chance ao Tricolor gaúcho. Venceu os dois jogos com soberania (1 a 0 em Porto Alegre e 2 a 0 no Allianz Parque) e levantou mais uma taça. O Grêmio, mais uma vez, ficou no quase.

3. Renato Paiva - Terceira fase da Libertadores de 2021

Del Valle acabou com o sonho do Grêmio em 2021 | LIAMARA POLLI/Getty Images
Del Valle acabou com o sonho do Grêmio em 2021 | LIAMARA POLLI/Getty Images

O sonho do Grêmio de chegar à fase de grupos da atual Libertadores foi interrompido, também, por um time que tem um português no comando. O Independiente del Valle, do Equador, ganhou as duas partidas (ambas por 2 a 1, de virada) e comemorou a vaga em plena arena azul.