Grêmio segura pressão equatoriana, vence LDU e sai na frente pela Sula

·5 minuto de leitura
Brazil's Gremio players celebrate after Leo Pereira's goal against Ecuador's Liga de Quito during the Copa Sudamericana round of 16 first leg football match at the Rodrigo Paz Delgado stadium in Quito, on July 13, 2021. (Photo by Dolores OCHOA / POOL / AFP) (Photo by DOLORES OCHOA/POOL/AFP via Getty Images)

A Copa Sul-Americana está de volta! Assim, pelo jogo de ida das oitavas de final, o Grêmio foi até Quito, no Equador, para encarrar a LDU, na Casa Blanca. Mesmo em crise no Brasileirão, o Tricolor conseguiu controlar a pressão dos adversários e triunfaram nesta terça-feira, 13. Com gol de Léo Pereira, os gaúchos venceram por 1 a 0.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Os times se reencontram na próxima terça-feira, 20. Dessa vez, a partida acontece na Arena, em Porto Alegre. Enquanto isso, pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio encara o Fluminense, no sábado, 17. Já a LDU estreia no Campeonato Equatoriano, diante do Club Deportivo Técnico Universitario, na sexta-feira, 16.

Leia também:

PARA CIMA!
Mesmo em crise no futebol brasileiro, o Grêmio entrou em campo para confirmar o seu favoritismo na competição sul-americana. Logo aos 2, o Tricolor teve a sua primeira boa chance. Jean Pyerre cobrou fechando na primeira trave. Lucas Silva desviou, mas a bola atravessou a área e saiu em tiro de meta.

MANDANTES LIGADOS
Os donos da casa não ficaram para trás e também tiveram uma boa chance nos minutos iniciais do duelo. Após lançamento, Zunino subiu mais alto que Kannemann. Tentando evitar o avanço da LDU, Cortez tentou, mas tocou para Amarilla. O atacante, cara a cara com o goleiro, finalizou. A bola ficou com Gabriel Chapecó.

Os equatorianos continuaram com a pressão, enquanto o Grêmio tentava encontrar espaços no contra-ataque. Aos 16, os anfitriões chegaram pela direita, quando Amarilla recebeu de costas. O atacante ajeitou para Alcívar, que chutou no cantinho. Chapecó teve que operar outro milagre.

GRÊMIO NA FRENTE!
Quebrando as expectativas, o Tricolor conseguiu abrir o placar aos 18. Em contra-ataque com velocidade pela direita, Vanderson fez o cruzamento para Jean Pyerre. O meia não alcançou de primeira, mas foi até o fim e evitou a saída. Depois, Léo Pereira, então, recebeu o cruzamento, desviando de cabeça. A bola morreu no fundo do gol.

EM BUSCA DO EMPATE
Atrás no marcador, a LDU aumentou ainda mais a intensidade do duelo. Aos 24, Ayala recebeu nas costas da linha defensiva tricolor. Livre, o jogador dominou e bateu. Contudo, a bola foi por cima do gol de Chapecó. A arbitragem também marcou impedimento na jogada.

Com os laterais mais avançados, a LDU encontrou o Grêmio ainda mais fechado ao decorrer da partida. O Tricolor ainda contou com os jogadores fechados atrás da linha defensiva, buscando o contra-ataque para ampliar o marcador.

QUASE, QUASE...
Os donos da casa ainda tiveram uma chance aos 36, com Billy Arce, que dominou e bateu colocado próximo da ponta da área. Gabriel Chapecó voou no ângulo direito, evitando o gol da LDU.

Arce e Jhojan Julio desperdiçaram duas chegadas de perigo. Assim, em resposta, o Grêmio se aproveitou do contra-ataque aos 40. O Tricolor saiu em velocidade após troca de passes de Fernando Henrique e Jean Pyerre. Diego Souza recebeu, puxou o contra-ataque e abriu para Cortez, que cruzou mal pela linha de fundo.

Aos 44, foi a vez de Alisson puxar a jogada em velocidade, pela esquerda. O atacante entrou na área e segurou, conseguindo o domínio. Depois de tabelar com Jean Pyerre na área, o jogador acabou finalizando em cima de Gabbarini.

LDU ATRÁS DO GOL
Assim como na primeira etapa, a LDU voltou do intervalo em busca do gol de empate. Aos 4, Billy Arce cobrou falta. Contudo, a bola passou sobre o gol de Gabriel Chapecó.

RESPOSTA À ALTURA
Apesar das investidas dos equatorianos, o Grêmio teve duas boas chances. Na primeira, Jean Pyerre girou sobre a marcação, lançando Léo Pereira, que acabou cruzando mal. Diego Souza conseguiu ficar com a bola e recuou para Fernando Henrique. O volante abriu para Vanderson, que colocou na área. A bola foi na direção do gol, quase surpreendendo Gabbarini.

POR POUCO!
Aos 18, a LDU teve uma boa oportunidade. Ayala recebeu após erro de Diego Souza, finalizando muito forte e rasteiro. A bola foi próxima da trave esquerda de Chapecó. Na sequência, Perlaza avançou pela direita, recebendo livre e cruzando na medida na área. Com isso, Reasco subiu mais que Kannemann e cabeceou perto da meta gremista.

O Grêmio seguiu cedendo jogadas para a LDU, que já tinha o domínio ofensivo no jogo. Os jogadores gremistas começaram a sentir a questão física, o que fez com que diminuíssem o ritmo e intensidade no duelo.

NO PERIGO!
Os equatorianos seguiram na pressão e tiveram nova chance aos 26. Dessa vez, apareceram em chegada da esquerda, com Ayala. No cruzamento, Alisson dominou na área e afastou. Na sequência, Perlaza foi pela direita, mas apenas cavou escanteio.

PRESSÃO
Aos 34, mais uma chegada da LDU, dessa vez em troca de passes rápida. Kaprof, que havia acabado de entrar, recebeu no pivô e conseguiu o giro para Arce. O jogador tocou na saída de Chapecó, mas Mateus Sarará salvou na cobertura.

Na sequência, em cobrança de escanteio, Guerra pulou mais alto que a defesa. Assim, o zagueiro desviou perto do gol do Grêmio, quase deixando tudo igual em Casa Blanca. No final do duelo, os equaftorianos apareceram com tabelas curtas e passes pelo meio. Ao tentar cruzamento, Reasco teve o corte de Vanderson.

GOL PERDIDO!
Depois da pressão da LDU, o Grêmio teve a sua melhor oportunidade no final da etapa. Em contra-ataque, Vanderson se antecipou pela direita e tocou para Léo Chú, que venceu a marcação. Ricardinho recebeu e levou a marcação, chutando da entrada da área, muito perto do gol. Sem outros lances, o Tricolor levou a melhor na ida.

FICHA TÉCNICA
LDU 0 x 1 Grêmio
Local: Casa Blanca, em Quito
Data/Horário: 13 de julho de 2021 (terça-feira), às 19h15
Árbitro: Cristian Garay (Chile)
Assistentes: Claudio Rios e Christian Schiemann (Chile)
Cartões amarelos: Piovi e Guerra (LDU); Alisson (Grêmio)

Gol: Léo Pereira (18'/2ºT) (0-1)

LDU: Gabbarini; Quinteros (Perlaza, 10'/2ºT), Guerra, Caicedo e Ayala (Muñoz, 39'/2ºT); Piovi, Alcívar (Kaprof, 30'/2ºT), Zunino (Reasco, 10'/2ºT) e Jhojan Julio; Amarilla (Mercado, 10'/2ºT) e Billy Arce. Técnico: Pablo Marini

Grêmio: Chapecó; Vanderson, Ruan, Kannemann e Bruno Cortez; Fernando Henrique, Lucas Silva (Mateus Sarará, 33'/2ºT) e Jean Pyerre (Douglas Costa, 30'/2ºT); Léo Pereira, Alisson (Léo Chú, 32'/2ºT) e Diego Souza (Ricardinho, 23'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos