Grêmio se reapresenta e Edílson comemora primeiro jogo desde a lesão

Após golear o Juventude por 4 a 0 no final de semana, o Grêmio se apresentou, na tarde desta segunda-feira, no CT Presidente Luiz Carvalho, para iniciar a preparação para a partida contra o São Paulo-RS. O jogo válido pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Gaúcho será realizado na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Rio Grande.

A maioria dos atletas que jogaram no sábado foram para a academia fazer o tradicional treino regenerativo. Eles também fizeram exercícios de fortalecimento. O resto do elenco, junto com Luan, Pedro Rocha, Rafael Thyere e Ramiro – que jogaram contra o Juventude –, participou de uma atividade que visava aprimorar o toque de bola rápido e a finalização.

A boa notícia foi que Pedro Geromel, que vem desfalcando o Tricolor Gaúcho por lesão na costela, continuou fazendo trabalhos no gramado para voltar a jogar. Na semana passada, o zagueiro de 31 anos chegou a treinar com o restante do grupo.

Em entrevista coletiva, o lateral Edílson, que não jogava desde o meio de fevereiro, falou da sua primeira partida desde a lesão e ainda comentou como foram as conversas com o treinador Renato Portaluppi durante este período.

Leia mais: Voltando de lesão, Grohe exalta goleada: “Entramos no campeonato”

“Fiquei muito feliz de jogar minha primeira partida no domingo. Faziam quase quatro semanas que eu não atuava. Eu estava ansioso para essa partida”, afirmou Edílson. “Conversa com o Renato foram poucas, mais no final da minha recuperação. No começo também, eu queria voltar antes e ele dava uma freada para que eu voltasse em bom nível físico e para voltar como titular”.

O Grêmio voltará a campo na manhã da terça-feira para fazer seu último treino antes de viajar para Rio Grande, onde enfrentará o São Paulo-RS. O treinador Renato Portaluppi deverá levar uma equipe reserva para o último confronto da fase de grupos do Gauchão, como já havia indicado.

Leia também