Grêmio recebe Veranópolis para confirmar vaga na semi do Gaúcho

O Grêmio abriu boa vantagem na ida, e agora encara o Veranópolis, em casa, neste sábado, às 16 horas (de Brasília), para garantir vaga na semifinal do Campeonato Gaúcho. O primeiro jogo das quartas foi 2 a 0 para os comandados de Renato Gaúcho.

Após o último treino antes do confronto decisivo, o treinador gremista Renato Portaluppi teve confirmada a ausência do capitão Maicon. O volante chegou a entrar no campo, mas sentiu um desconforto no joelho e vai desfalcar o Tricolor no fim de semana.

O próprio técnico confirmou que o jogador não vai atuar, mas revelou que o problema não preocupa. “Infelizmente, o Maicon teve um choque no final do jogo contra o Veranópolis. Ele sentiu uma dor muito forte no joelho. Não é nada demais, se fosse uma final, o jogador iria jogar. Mas vamos poupá-lo dessa partida para ver se na próxima terça-feira ele joga”, afirmou, relembrando o duelo da próxima semana, diante do Deportes Iquique-CHI.

O treinador também confirmou que o substituto do volante para sábado vai ser Michel. “Na ausência do Maicon, é o Michel que vem jogando e atuando bem. Então é ele que vai jogar. É o que eu sempre falo, o jogador tem que estar preparado. E toda vez que eu preciso do Michel, ele entrou e deu conta do recado”, ressaltou.

Essa deve ser a única modificação no Grêmio para o confronto contra o Veranópolis. O time vai com força máximo e respeito ao clube da serra. “Vamos com o que temos de melhor. O Grêmio conseguiu uma boa vantagem, mas não está classificado. Temos todo o respeito com a equipe do Veranópolis”, destacou o treinador.

Renato descartou favoritismo do Tricolor em relação ao título do Gauchão. “O Grêmio não é o favorito. Se alguém fala que o time é o favorito tudo bem, todo mundo tem a sua opinião, mas não vai entrar nas nossas cabeças. Nós temos as mesmas chances de qualquer outra equipe. O Grêmio não chegou em primeiro lugar no primeiro turno, chegou em quarto. Pelo o que fez na primeira fase, o Novo Hamburgo pode ser considerado o favorito”, avaliou.

Veranópolis tem difícil missão

O elenco do Veranópolis vem trabalhando de forma intensa para tentar uma virada histórica na partida deste sábado. O time deve ser o mesmo da partida de ida. O treinador Tiago Nunes realizou um trabalho com portões fechados durante a semana. O clube da Serra precisa vencer o Tricolor de Porto Alegre por dois gols de diferença, desde que não se repita o placar da primeira partida (2 a 0). Nessa situação, o jogo será decidido nas penalidades.

Este ano, os dois times já se enfrentaram na Arena, na primeira fase do Campeonato Gaúcho. O confronto terminou empatado em 1 a 1, com os visitantes demonstrando bom desempenho. Quem avançar, enfrenta na semifinal o vencedor da partida entre Novo Hamburgo e São José.

Novo Hamburgo tenta manter invencibilidade

Mesmo com a vantagem de um empate, após vencer por 1 a 0, a equipe do Novo Hamburgo treina forte para o confronto com o São José-RS pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho. O jogo será neste sábado, às 19h (de Brasília), no Estádio do Vale. Sob o comando do técnico Beto Campos, a semana foi de treinos em dois turnos e com portões fechados.

Enquanto isso, o Zequinha tem difícil missão de acabar com invencibilidade dos mandantes, que ainda não perderam jogando em casa. Na primeira fase, os dois times se enfrentaram no mesmo estádio e o resultado foi favorável para o Novo Hamburgo, 1 a 0.

O Nóia foi o surpreendente líder da fase classificatória do Campeonato Gaúcho, com 23 pontos, superando Grêmio e Internacional. O São José-RS, por sua vez, foi o oitavo colocado, com 13.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO x VERANÓPOLIS


Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data: 08 de abril de 2017, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Leandro Vuaden (RS)

Assistentes: Maurício Coelho da Silva Penna (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Ramiro e Léo Moura; Luan, Miller Bolaños e Pedro Rocha.

Técnico: Renato Portaluppi

VERANÓPOLIS: Reynaldo; Vinícius Bovi, Douglão, Zé Roberto e Jadson; Jonathan Lima, Mateus Santana, Eduardinho, Athos e Keké; Jean Carlos

Técnico: Tiago Nunes