Grêmio realiza rachão beneficente e fecha preparação no Chile

Na tarde desta terça-feira, o grupo gremista realizou o treino de reconhecimento do gramado do Estádio Zorros del Desierto, aonde será realizada a partida contra o Deportes Iquique-CHI, pela Copa Libertadores. Na oportunidade, o técnico Renato Portaluppi não indicou o time titular. Na primeira parte, o elenco tricolor fez uma movimentação com bola e um trabalho de arremates de fora da área.

Os jogadores também participaram de um rachão beneficente entre o time do volante Ramiro e o do meia-atacante Fernandinho. A primeira equipe levou a melhor. Esta foi a terceira vez seguida que o time de Ramiro vence o de Fernandinho, assim os jogadores perdedores vão ter que doar duas cestas básicas para alguma instituição de Porto Alegre. Serão cerca de 15 atletas que farão essa doação para uma instituição que ainda não foi definida. Esta iniciativa do “rachão social” faz parte das apostas entre os jogadores dentro do vestiário Tricolor.

No final dos trabalhos, os atletas treinaram penalidades. Os zagueiros fizeram um treino específico de posicionamento e o setor ofensivo realizou atividades de conclusões de dentro da área. Os goleiros gremistas foram bastante exigidos para se adaptarem com a velocidade da bola na altitude de Calama, de 2.264 metros acima do nível do mar.

Para o confronto desta quarta-feira, a dúvida segue sendo quem será o substituto do equatoriano Miller Bolaños, que está lesionado. Os jogadores Arthur e Fernandinho disputam a vaga. Em caso de vitória ou empate, o Grêmio garante classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América.