Grêmio quer mais cinco reforços e trabalha com lista extensa para Renato

JEREMIAS WERNEK
Folhapress

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio anunciou Victor Ferraz, ex-Santos, e segue no mercado da bola atrás pelo menos mais cinco reforços para a próxima temporada. Apesar da mobilização do departamento de futebol, o clube gaúcho não prevê nenhum novo comunicado de chegadas ainda em 2019.

A ideia é trazer um goleiro, outro lateral, um volante, um meia e um atacante. Existe a chance de a lista aumentar, em caso de alguma saída e até negócio de ocasião nas próximas semanas.

O plano do Grêmio é usar nomes das categorias de base para completar o elenco principal quantitativamente. Por isso, a lista de reforços não é tão extensa.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na lateral, o jogador mais perto de fechar é Caio Henrique, emprestado ao Fluminense em 2019 e que tem vínculo com o Atlético de Madri. O clube gaúcho aguarda o fim do mês para a opção de compra expirar e a saída do Rio de Janeiro se tornar inevitável.

No meio-campo, Lucas Silva ainda é o favorito. O ex-volante do Cruzeiro e Real Madrid está livre, recebeu proposta do Grêmio e tem tratativas avançadas para assinar contrato.

O meia-atacante ainda é uma incógnita. Mesmo com empenho, o Grêmio ainda não conseguiu encontrar um nome preferencial. Em novembro e até início do mês, o sonho era Raphael Veiga, do Palmeiras.

Para o ataque, as dificuldades também são grandes. Pedro, ex-Fluminense e agora na Fiorentina, foi sondado. A concorrência do Flamengo e a intenção dos italianos em libera-lo apenas em negócio definitivo esfriam a possibilidade.

Leia também