Grêmio perde de virada para o Del Valle na Libertadores

·3 minuto de leitura
Lance da partida entre Independiente del Valle e Grêmio, pela Pré-Libertadores

O Grêmio perdeu de virada para o equatoriano Independiente Del Valle por 2 a 1, nesta sexta-feira, na partida de ida da disputa por vaga na fase de grupos da Copa Libertadores.

No estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai), a equipe gaúcha abriu o placar através de Diego Souza (no minuto 9), mas os equatorianos viraram com os gols do argentino Lorenzo Faravelli (53 e 61, de pênalti).

O duelo foi realizado na capital paraguaia devido à determinação do governo do Equador em suspender o jogo em Quito por conta do resultado positivo para covid-19 em jogadores do Tricolor Gaúcho.

Por conta deste resultado, no confronto de volta, na próxima quarta, o time dirigido por Renato Gaúcho precisa de uma vitória por 1 a 0 ou a partir de dois gols de diferença para passar à fase de grupos da Libertadores. Caso vença por um gol de diferença, mas a partir do resultado de 3 a 2, estará eliminado. Se o resultado for 2 a 1 para os brasileiros, a vaga será definida nos pênaltis.

- Gol no início, virada no fim -

O Grêmio inciou o jogo pressionando e em poucos minutos abriu o placar. Aos 9, Alisson cobrou falta colocando a bola na área equatoriana, onde Diego Souza subiu mais alto que os marcadores para estufar as redes adversárias.

Sete minutos depois, o Del Valle quase empatou quando meia Ortiz chutou fora da área e a bola raspou a trave esquerda de Brenno.

O lance animou a equipe equatoriana, que passou a ter mais a bola e, aos 35, em cobrança de falta ensaiada, o atacante Vite recebeu na entrada da área e emendou, acertando o travessão.

A resposta gremista veio na reta final do primeiro tempo, quando Ferreira recebeu um passe de letra de Diego Souza e encobriu o goleiro Ramírez, mas o ábitro indicou impedimento do brasileiro. Como na Pré-Libertadores não há o auxílio do árbitro de vídeo (VAR), de nada adiantou a reclamação dos gaúchos.

Já na etapa complementar, o clube do Equador acertou outra bola na trave. Aos 47, Ortiz cobrou falta e acertou o poste, com Ruan afastando da área em seguida, mas Farravelli aproveitou a sobra e chutou sobre o gol.

Minutos depois, o argentino recebeu passe de Montenegro e tocou na saída de Brenno para empatar (53).

O Tricolor Gaúcho poderia ter ampliado caso Diogo Silva não tivesse perdido um gol quando estava cara a cara com Ramírez. Mas após driblar o goleiro, o atacante chutou para fora (57).

Logo no minuto seguinte veio o lance que definiu o duelo. Ruan derrubou Montenegro dentro da área e foi expulso. Na cobrança de pênalti, Faravelli bateu com perfeição e virou placar.

Com um a menos, o conjunto brasileiro sofreu muita pressão e pouco fez além de se defender até o apito final.

Agora, o Grêmio tem o jogo de volta para conseguir reverter o placar e conseguir a vaga para ficar no Grupo A da Libertadores, ao lado de Palmeiras, atual campeão do torneio, do argentino Defensa y Justicia e do peruano Univesitario.

- Ficha técnica da partida:

Estádio: Defensores del Chaco (Assunção)

Árbitro: Nestor Pittana (ARG)

Gols:

Independiente del Valle: Faravelli (53 e 61, de pênalti)

Grêmio: Diego Souza(9)

Cartões amarelos:

Independiente del Valle: Vite (10), Mera (85), Pacho (85)

Grêmio: Tonhão (17), Fraga Costa (26), Tressoldi Netto (47)

Cartão vermelho:

Grêmio: Tressoldi Netto (59)

Equipes:

Independiente del Valle: Moisés Ramírez - Richard Schunke, William Pacho, Luis Segovia - Jose Hurtado (Jhon Sanchez 69), Lorenzo Faravelli, Cristian Pellerano (Bryan García 62), Beder Caicedo - Pedro Vite (Efrén Mera 76), Brian Montenegro (Joffre Escobar 76), Christian Ortiz (Jacob Israel Murillo 69). T: Renato Paiva.

Grêmio: Brenno - Felipe Albuquerque (Bruno Cortez 76), Ruan, Rodrigues, Diogo Barbosa - Lucas Silva (Fernando Henrique, 63), Pinares (Darlan, 46), Matheus Henrique - Alisson (Leo Chú, 71), Diego Souza (David Braz, 62), Ferreira. T: Renato Gaúcho.

hro/gfe/lca