Fábio pega pênalti e garante empate do Cruzeiro contra o Grêmio

Gazeta Press
Fábio comemora após pegar pênalti batido por Luan (Pedro H. Tesch/Agência Eleven/Gazeta Press)

Fábio

Fábio comemora após pegar pênalti batido por Luan (Pedro H. Tesch/Agência Eleven/Gazeta Press)

O Grêmio empatou nesta quarta com o Cruzeiro por 1 a 1 na Arena pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Usando força máxima, o Tricolor Gaúcho foi surpreendido na etapa inicial pela Raposa que pulou na frente no gol de Bruno Silva. Já no segundo tempo as modificações de Renato Portaluppi surtiram efeito e Everton que vive grande fase igualou o placar. Mas os mandantes desperdiçaram uma penalidade ao final da partida e perderam a chance de encostar nos primeiros colocados.

Com o resultado, o Grêmio fica em quarto lugar com 37 pontos. E o Cruzeiro permanece na sétima posição com 27 pontos.

Na próxima rodada o Grêmio visita o Atlético-PR, às 19h(de Brasília), na Arena da Baixada. No mesmo dia o Cruzeiro recebe o Fluminense, às 21h(de Brasília), no Mineirão.

Jogo

Como era esperado, os donos da casa foram para cima, enquanto os visitantes utilizam uma postura defensiva que bloqueia as ações ofensivas do Grêmio.  O Tricolor Gaúcho tem mais posse de bola, mas sem nenhuma objetividade do meio pra frente.

Mostrando dificuldades de entrar na área da Raposa, os gaúchos chegaram pela primeira vez com mais perigo num chute de longe. Aos 23, Luan recebeu passe de André na intermediária, limpou Ariel Cabral e chutou. A bola vai no canto esquerdo do gol, e Fábio faz a defesa. Um minuto depois foi a resposta dos mineiros, através de uma tabela de Barcos com Arrascaeta, recebeu na grande área, mas arriscou um chute fraco para Paulo Victor fazer uma defesa tranquila.

Especulando jogadas de contra-ataque quase o Cruzeiro surpreendeu o Grêmio. Aos 33, Ezequiel recebeu na lateral direita e cruzou para a área. Barcos apareceu entre os zagueiros e bateu para o gol. Paulo Victor salvou. Aos 35, foi a vez da equipe gaúcha chegar com força em jogada de Luan que limpou da marcação e tocou para Ramiro. Murilo chegou no carrinho e salvou o Cruzeiro do chute.

Apesar de ter menos posse de bola, os comandados de Mano Menezes chegam com mais perigo a meta gremista. Aos 39, Arrascaeta cobrou escanteio pela esquerda. A bola passou pela primeira trave e de raspão em Murilo, que quase empurrou para o gol de Paulo Victor, já batido na jogada. Aos 42, Arrascaeta cobrou a falta no canto esquerdo do gol. Paulo Victor vai na bola e impediu o gol cruzeirense na Arena.

De tanto insistir a Raposa finalmente abriu a vantagem. Aos 44, Egídio lançou a bola na área, Barcos desviou de cabeça, Bruno Silva chegou de primeira e acertou belo chute, no ângulo direito de Paulo Victor. Por pouco na sequência, o Tricolor Gaúcho não chegou ao empate. Aos 46, Everton cobrou falta da meia direita. André chegou livre na segunda trave e cabeceou na diagonal. A bola passou à esquerda da trave de Fábio.

Na etapa inicial, os mandantes começaram com mais posse de bola, porém apresentaram os mesmos problemas das últimas partidas de não ter objetividade para furar o bloqueio defensivo dos mineiros.  Já o Cruzeiro conseguiu conter o ímpeto inicial do Grêmio e quando chegou na frente assustou o arqueiro Paulo Victor.

Para mudar o panorama do jogo, o técnico Renato Portaluppi voltou com duas mudanças. Saiu Léo Moura para a entrada de Jael. Entrou Alisson para a saída de André. Apesar das mudanças, o Grêmio não conseguiu penetração na defesa mineira.

Mais uma vez brilhou a estrela do atacante Everton que recebeu da meia esquerda, aos 14, limpou Léo e arriscou forte chute. A bola ainda bateu no travessão e morreu no fundo do gol de Fábio. Com o gol de empate, o Grêmio se animou e foi na busca do gol da virada.

A partida caiu de rendimento com a maioria das jogadas sendo centralizadas no meio-campo. Diferente do primeiro tempo, o Cruzeiro não chegou nenhuma vez ao gol de Paulo Victor. Everton tem sido bastante acionado e através dele o Tricolor Gaúcho conseguiu levar perigo ao goleiro Fábio.

Na reta final da partida, os gaúchos tiveram a chance da virada. Aos 37, Alisson chegou primeiro na bola, que está no alto, e acabou acertado por Egídio. Sem discussão o lance. Aos 38, Luan bateu no canto esquerdo do gol. Fábio caiu no canto esquerdo e faz a defesa para o Cruzeiro. Esse foi o quarto pênalti perdido pelos gremistas na temporada. Aos 47, Alisson esticou a perna na primeira trave e mandou no canto esquerdo de Fábio, que salvou o Cruzeiro novamente.

Ainda o Grêmio tentou chegar ao segundo gol, mas parou nas mãos do arqueiro do Cruzeiro. Aos 47, Alisson esticou a perna na primeira trave e mandou no canto esquerdo de Fábio, que salvou o time mineiro novamente.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 1 CRUZEIRO

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS.

Data:  22/08/2018, Quarta-feira

Horário: 21h45(de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)

Renda:  R$ 398.680,00

Público Total: 14.559

Cartão amarelo: Ariel Cabral, Barcos, Ezequiel (Cruzeiro), Ramiro, Everton(Grêmio)

Gol: Bruno Silva(Cruzeiro), aos 44 minutos do primeiro tempo, Everton (Grêmio), aos 14 minutos

Grêmio: Paulo Victor, Léo Moura (Jael), Geromel, Kannemann e Cortez, Jaílson (Douglas), Maicon, Ramiro e Luan, Everton e André (Alisson).

Técnico: Renato Portaluppi

Cruzeiro: Fábio, Ezequiel (Robinho), Léo, Murilo e Egídio, Lucas Romero, Ariel Cabral (Lucas Silva), Bruno Silva e Arrascaeta (Thiago Neves), Rafinha e Barcos.

Técnico: Mano Menezes

Leia também