Grêmio joga mal contra o Iquique e perde a primeira na Libertadores

O Grêmio chegou à primeira derrota na Libertadores deste ano. Jogando na altitude da cidade de Calama, no Chile, o Tricolor de Porto Alegre jogou mal, foi atrapalhado pela arbitragem e perdeu de virada para o Deportes Iquique por 2 a 1. No confronto entre os dois times com o melhor ataque da fase de grupos, melhor para os chilenos. Os gols foram marcados por Lucas Barrios, para o Grêmio, e Diego Torres e Bielkiewecz, para os donos da casa.

O Grêmio entrou em campo desfalcado, sem Edílson, Maicon e Miller Bolaños afastados por lesão. Para encarar os chilenos, o técnico Renato Portaluppi preferiu iniciar a partida com três volantes, com Jailson, Michel e Ramiro. Com isso, os jogadores Arthur e Fernandinho começaram no banco de reservas.

O Deportes Iquique também tinha dúvidas. O zagueiro Mauricio Zenteno se recuperou a tempo para a partida, assim como o atacante Diego Torres. Já o defensor Tomás Charles ficou fora, após sentir um desconforto muscular.

Apesar do resultado, o Grêmio permanece líder do Grupo 8 com dez pontos. O Deportes Iquique chega aos nove pontos e sobe para a segunda posição. Nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), Guaraní-PAR e Zamora-VEN fecham a quinta rodada da chave.  A classificação Tricolor vai ser decidida na última rodada da chave.

O jogo – A partida começou com as duas equipes tocando muito a bola e buscando espaços, mas sem lances de perigo. Em um dos ataques gremista, Michel cruzou na cabeça de Lucas Barrios que mandou no travessão, mas não estava valendo mais nada, pois o auxiliar já havia marcado impedimento.

Em boa oportunidade do Iquique, o meia Torres recebeu dentro da área e fez fila. Na hora conclusão, o jogador preferiu o passe para o meio da área, mas o lateral Léo Moura apareceu para afastar a bola.

Aos 19 minutos, o Grêmio tirou o zero do placar. Em cobrança de escanteio de Luan, Kannemann desviou para Lucas Barrios balançar as redes para o Tricolor Gaúcho.

Porém, logo depois, a arbitragem começou a deixar sua marca na partida. Depois do lateral esquerdo D’Avila arriscar da entrada da área, o goleiro Marcelo Grohe fez boa defesa. No rebote, o volante Ramiro afastou a bola da área, mas o juiz entendeu que o atleta atingiu D’Avila e assinalou pênalti, dando amarelo para Ramiro. O atacante Bielkiewicz cobrou de um lado e Grohe pulou para o outro, deixando tudo igual: um a um.

Em outro lance, Kannemann, de carrinho, afastou a bola no meio de campo. Mais uma vez, o árbitro interpretou como falta e amarelou o zagueiro gremista. Aos 32 minutos, o Grêmio criou uma boa oportunidade. Luan cruzou para Ramiro mandar de cabeça, mas o goleiro Cortéz fez bela defesa. Com muita burocracia, os times criaram poucas chances na primeira etapa e foram para o intervalo com um empate.

Segundo tempo

Os times voltaram sem trocas, mas com a equipe chilena pressionando mais. Logo aos dois minutos, o juiz marcou uma falta duvidosa de Pedro Rocha na entrada da área, e o brasileiro recebeu o cartão amarelo. Na cobrança, Diego Torres cobrou com perfeição, virando o placar para o Deportes Iquique.

Atrás no placar, o técnico Renato Portaluppi tirou o volante Jailson e colocou o meia-atacante Fernandinho. Em jogada individual, Geromel pegou a bola no meio campo, carregou até a ponta esquerda da área e rolou para Luan chegar batendo de primeira. A bola passou perto do travessão do goleiro Cortéz.

O Deportes Iquique começou a tocar mais a bola no campo defensivo, produzindo poucos ataques. Quando o Grêmio conseguiu infiltrar na zaga, Lucas Barrios finalizou para defesa do goleiro Cortéz. Aos 42 minutos, em troca de passes, Fernandinho bateu da entrada da área, mas a bola passou com perigo para fora. Aos 46 minutos, volante Ramiro levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

FICHA TÉCNICA

DEPORTES IQUIQUE 2 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Zorros del Desierto, em Calama (CHI)

Data: 03 de maio de 2017, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Germán Delfino (ARG)

Assistentes: Diego Bonfa e Ariel Scime (ARG)

Cartões amarelos: Alan Moreno (Deportes Iquique-CHI); Ramiro, Kannemann, Pedro Rocha, Geromel e Marcelo Grohe

Cartão vermelho: Ramiro (Grêmio)

Gols: DEPORTES IQUIQUE-CHI: Bielkiewecz, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Diego Torres, aos três do segundo tempo; GRÊMIO: Lucas Barrios, aos 19 minutos do primeiro tempo

DEPORTES IQUIQUE: Brayan Cortés; Enzo Guerrero, Mauricio Zenteno, Alan Moreno, Misael Dávila; Rafael Caroca, Eduardo Farías; Riquero (Alvaro Ramos); Reynero (Bustamante), Diego Torres, Bielkiewicz

Técnico: Jaime Vera

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Ramiro, Michel (Everton) e Jailson (Fernandinho); Luan, Pedro Rocha (Arthur) e Lucas Barrios.

Técnico: Renato Portaluppi