Grêmio para no goleiro e apenas empata com o Brasil de Pelotas

O Grêmio pressionou, mas não saiu do empate por 1 a 1 com o Brasil de Pelotas,fora de casa, nesta quarta-feira, pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho. Ramiro abriu o placar para os visitantes, mas Gustavo Papa empatou. Com a igualdade, o Tricolor foi a 12 pontos, e segue seis atrás do líder Novo Hamburgo. O Xavante, por sua vez, chegou aos oito.

Antes da partida, o técnico Renato Gaúcho ganhou um problema, já que o goleiro Marcelo Grohe sentiu desconforto durante o aquecimento e acabou fora do duelo. Léo assumiu a missão de substituir o titular, e não teve culpa no gol de Gustavo Papa.

O Grêmio volta a campo no próximo domingo, jogando em casa, diante do Veranópolis, que faz boa campanha, com apenas uma derrota em sete jogos. O Brasil de Pelotas, por sua vez, visita o São José-RS.

O jogo – A partida foi, desde o início, movimentada. Aos 2, Marcinho tentou bicicleta pelo lado dos mandantes, mas a bola saiu. O Grêmio respondeu aos 13, mas a finalização do equatoriano Bolaños também foi para fora.

Aos 22, o Tricolor abriu o placar. Ramiro tentou passe, a bola voltou para ele e seu arremate ainda saiu desviado. Mesmo assim, o arqueiro Eduardo Martini não alcançou: 1 a 0 Grêmio.

Sete minutos depois, os comandados de Renato Gaúcho quase ampliaram. Bolaños saiu na cara do gol, mas parou em Martini. O castigo veio aos 32, quando os donos da casa chegaram à igualdade.

Marlon cobrou escanteio, encontrando Gustavo Papa dentro da área. O atacante subiu bem e cabeceou para o gol de Léo, concretizando o empate no estádio Bento Freitas.

Ainda antes do intervalo, os visitantes quase retomaram a vantagem. Aos 37, Jaílson tentou, mas o goleiro do Brasil salvou. Seis minutos depois, foi a vez de Luan parar em Eduardo Martini. Assim, o duelo foi para o intervalo empatado.

Na segunda etapa, o Grêmio voltou pressionando e, logo aos 4, Bolaños perdeu mais uma boa chance, batendo para fora. O Brasil respondeu com Papa, que quase fez seu segundo gol em cabeçada.

Aos 20, Renato Gaúcho colocou o paraguaio Lucas Barrios, acreditando no atacante para o Tricolor retomar a vantagem em Pelotas. Ainda assim, o time de Porto Alegre não conseguiu aumentar o poder ofensivo.

Nos minutos finais, enfim os visitantes voltaram a crescer. Aos 32, Barrios ajeitou, e Bolaños parou em Martini. Dois minutos depois, foi a vez de Luan tentar. Mais uma vez, o goleiro do Xavante brilhou, evitando o gol.

Aos 38, a pressão seguiu forte. Everton girou e finalizou com firmeza, carimbando a trave do time da casa. Depois disso, não houve mais chances claras para nenhum dos lados, e a partida acabou empatada por 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 1 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)

Data: 15 de março de 2017, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco

Assistentes: Fabrício Lima Baseggio e Mateus Olivério Rocha

Cartões amarelos: Wender, Marlon (Brasil de Pelotas)Bolaños (Grêmio)

Gols: BRASIL DE PELOTAS: Gustavo Papa, aos 32 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Ramiro, aos 23 minutos do primeiro tempo

BRASIL DE PELOTAS: Eduardo Martini; Wender, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; João Afonso, Galiardo e Nem (Tiago Silva); Marcinho, Lenílson (Éder Sciola) (Evaldo) e Gustavo Papa

Técnico: Rogério Zimmermann

GRÊMIO: Léo; Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jaílson (Fernandinho) e Michel; Ramiro, Bolaños e Pedro Rocha (Barrios); Luan (Everton)

Técnico: Renato Gaúcho