Grêmio envia pedido de anulação do jogo com o São Paulo ao STJD

·2 minuto de leitura
SAO PAULO, BRAZIL - OCTOBER 17: Geromel of Gremio argues with the referee Rafael Traci during the match between Sao Paulo and Gremio as part of Brasileirao Series A 2020 at Morumbi Stadium on October 17, 2020 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Alexandre Schneider/Getty Images)
SAO PAULO, BRAZIL - OCTOBER 17: Geromel of Gremio argues with the referee Rafael Traci during the match between Sao Paulo and Gremio as part of Brasileirao Series A 2020 at Morumbi Stadium on October 17, 2020 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Alexandre Schneider/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Grêmio entrou com uma representação no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para pedir a anulação do empate sem gols com o São Paulo, disputado no último sábado (17), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O pedido foi encaminhado na manhã desta terça-feira (20) ao presidente do órgão, Otávio Noronha.

"No documento o Grêmio destaca a troca da arbitragem horas antes da partida e afirma que a mesma interferiu decisivamente em, no mínimo, quatro lances capitais do jogo", disse o STJD, em nota.

Leia também:

"No entendimento do Grêmio, tais fatos são suficientes para colocar a partida e os estranhos fatos em suspeição."

Além da anulação da partida, o clube gaúcho também pede o afastamento do presidente da Comissão de Arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Leonardo Gaciba.

No último fim de semana, o clube gaúcho deixou a capital paulista revoltado com a arbitragem de Rafael Traci, reclamando de pelo menos dois pênaltis que não teriam sido marcados e a não expulsão de Daniel Alves em falta sobre o atacante Luiz Fernando, que deixou o campo machucado.

Além do que considera ter sido uma atuação ruim, a diretoria gremista não gostou sobretudo do fato de que Raí, diretor-executivo de futebol do São Paulo, discutiu erros de arbitragem contra o clube paulista com dirigentes da CBF durante a semana.

A conversa de Raí com a entidade aconteceu após Leonardo Gaciba, presidente do comitê de arbitragem da entidade, ter declarado que houve erro prejudicial ao time do técnico Fernando Diniz na derrota por 3 a 0 para o Atlético-MG, na 7ª rodada.

Na ocasião, Rafael Traci comandou o VAR e, segundo Gaciba, errou no traçado da linha que mostrou impedimento do atacante Luciano, do São Paulo, que teve gol anulado quando o jogo ainda estava 0 a 0.

Após a reclamação do São Paulo, houve mudança na escala de profissionais que atuaram no jogo com o Grêmio.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos