Grêmio e Galo: defesa sólida contra ataque imponente; quem tem mais chances?

Lucas Humberto
·3 minuto de leitura

Em uma das edições mais competitivas da história dos pontos corridos no Brasileirão, qualquer ponto importa. Seja em direção ao título, à Libertadores ou mesmo para fugir no rebaixamento. A queda de rendimento do São Paulo tornou a disputa ainda mais interessante. Nesta dinâmica, Grêmio e Atlético-MG se enfrentam nesta quarta, 20, às 19h15.

Hyoran vive grande fase no Brasileirão. | Pedro Vilela/Getty Images
Hyoran vive grande fase no Brasileirão. | Pedro Vilela/Getty Images

Não bastasse o confronto direto do G-6 em busca das primeiras posições, é também a disputa entre um dos melhor ataque do Campeonato Brasileiro contra a defesa menos vazada. Até agora, o Galo é o segundo time que mais marcou gols na temporada - ficando atrás apenas do Tricolor paulista, que possui um jogo a mais. Por outro lado, o Grêmio é o clube que menos sofreu tentos até agora.

Embate técnico de alto nível

Sampaoli nunca escondeu que o sistema ofensivo é sua prioridade em campo. Sendo assim, dispõe seu plantel de modo que o time crie muitas chances de gols e, no melhor dos cenários, algum dos homens da frente finaliza a jogada.

Em contrapartida, a defesa definitivamente não é o forte do treinador argentino. Entre os clubes presentes no G-4 do Brasileirão, o Atlético-MG é o segundo time que mais sofreu gols na temporada, sendo 37 tentos em 29 jogos - ficando atrás apenas do Flamengo, que reintegrou o grupo após vencer o Goiás.

O zagueiro Geromel estava afastado para tratar uma lesão muscular. | Buda Mendes/Getty Images
O zagueiro Geromel estava afastado para tratar uma lesão muscular. | Buda Mendes/Getty Images

Tecnicamente falando, Renato Gaúcho tem um elenco mais equilibrado nos fundamentos. Contudo, sofre com instabilidades durante toda temporada, apresentando uma performance exemplar em algumas partidas, e deixando a desejar em outras.

Na semifinal da Copa do Brasil, por exemplo, o treinador gremista armou o time de maneira que o São Paulo, rival na partida, ficou impossibilitado de jogar e Fernando Diniz não soube desatar o nó tático. Em um jogo de tamanha relevância, Portaluppi deve investir contra a irregular defesa do Galo. Geromel ainda é dúvida na partida.

Qual cenário da partida?

Caso o Grêmio vença, sua pontuação avança para 53 pontos, encostando no próprio Atlético-MG, embora não ultrapasse o rival por conta do número de vitórias. O Tricolor gaúcho entraria de vez no G-4.

Se o Atlético-MG ganhar, vai a 56 pontos e se firma na briga pelo título. Dependendo dos resultados de São Paulo e Inter, a distância da liderança pode ser de 1 a 3 pontos, com um jogo a menos que os adversários.

Grêmio e Atlético-MG se enfrentam em Porto Alegre, onde o Galo venceu pela última vez no Campeonato Brasileiro de 2013. O empate não é bom para nenhum dos dois.