Grêmio desiste de Orejuela e Cruzeiro terá de buscar outro comprador para o lateral-direito

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


O Grêmio desistiu de comprar o lateral-direito Orejuela, que tem vínculo com o Cruzeiro. O jogador, que estava emprestado desde o início de 2020, não seguirá no Tricolor Gaúcho.

A venda do colombiano, de 23 anos, para o Grêmio, estava bem encaminhada, mas o negócio “melou” no início de janeiro. O valor original pedido pelo Cruzeiro era de R$ 21 milhões, mas um “desconto” seria dado ao time gremista para concluir a negociação e os mineiros terem uma receita extra em seu caixa.


-Dia 11 de dezembro nós recebemos a comunicação do Cruzeiro dando confirmação de toda negociação. Acertamos o salário do jogador, renovação de seu contrato, que no primeiro momento teve prorrogação de dois meses para o Cruzeiro acertar sua situação com clube europeu que detém 50% dos direitos econômicos do jogador(Ajax-HOL). Mas no dia 31 fomos surpreendidos como a situação que alterava completamente as cláusulas da nossa negociação. Por conta disso achamos uma situação bastante desconfortável depois de termos acertado e me pareceu intransponível. Por consequência disso, o negócio foi desfeito por iniciativa do Cruzeiro. Eu lamento muito, gostávamos muito desse jogador — explicou o presidente Romildo Bolzan Júnior em entrevista para a RBS TV, do Rio Grande do Sul.


VEJA COMO ESTA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B

Orejuela ainda está em tratamento de uma lesão muscular na coxa esquerda e faz tratamento em Porto Alegre. Entretanto, ele terá de se reapresentar na Toca da Raposa, pois voltou a ser jogador do Cruzeiro.

Com o revés da negociação, o Cruzeiro terá de buscar uma alternativa para Orejuela, já que seu padrão salarial está acima do patamar que o clube pode pagar no momento.

Para contar com o lateral, o Grêmio pagou 150 mil euros aos mineiros. Pelo Tricolor, fez 31 partidas e marcou um gol.