Grêmio confirma outro caso de Covid-19 no elenco e deve seguir desfalcado na próxima semana

·1 minuto de leitura

Entre lesionados, convocados e jogadores que estão cumprindo isolamento protocolar, o Grêmio se apresentou desfalcado na estreia do Brasileirão e terceira fase da Copa do Brasil. A tendência é que o Imortal siga assim até 13 de junho, quando enfrenta o Athletico-PR, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Como se já não houvessem atletas suficientes fora de combate, mais um jogador do plantel gremista testou positivo para Covid-19. Na tarde deste sábado (05), o clube confirmou que o goleiro Gabriel Chapecó integra a lista de contaminados, com base nos exames feitos na última sexta-feira. Segundo informações do site oficial, o atleta está bem e não desenvolveu sintomas significativos da doença

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Rafinha, Diego Souza e Ferreira testaram positivo no dia 27 de maio. Conforme protocolo de saúde, os atletas estarão disponíveis já no dia 10 de junho, quando o Tricolor recebe o Brasiliense pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Contudo, como a vantagem construída no primeiro duelo foi de dois gols, é provável que a equipe de Porto Alegre esteja novamente mista.

O confronto diante do Furacão também deve marcar retorno do treinador Tiago Nunes, além dos jogadores Rodrigues e Pedro Lucas (também testaram positivo); bem como presença de Brenno e Matheus Henrique (retornam da seleção olímpica). Ainda não há previsão para volta de Alisson e Elias, lesionados.

Diego Souza também testou positivo para Covid-19. | Silvio Avila/Getty Images
Diego Souza também testou positivo para Covid-19. | Silvio Avila/Getty Images
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos