Grêmio começa a definir eleição do seu novo presidente

Romildo Bolzan encerra um mandato de oito anos no Tricolor (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)


A segunda-feira é decisiva na história do Grêmio. Após oito anos, Romildo Bolzan coloca um ponto final em sua história como mandatário e abre caminho para Adalberto Guerra e Odorico Roman.

Ambos estão no pleito pelo cargo de presidente do Tricolor e precisam ser aprovados no colegiado do Conselho Deliberativo.

Caso obtenham 20% dos votos nesta segunda-feira, estão liberados para disputar a eleição no próximo dia 12.

Renato Gaúcho e reforços

Mesmo sem entrar no cargo, Adalberto Guerra e Odorico Roman sabem que terão dias agitados logo de cara, pois terão que definir a vida do técnico Renato Gaúcho no clube.

Os dois candidatos já conversaram com o treinador e receberam dele uma lista com reforços de peso para a temporada 2023.