No GP da Espanha, Quartaro leva a França de volta à vitória na MotoGP, após 21 anos

AFP
No GP da Espanha, Fabio Quartararo venceu a prova, na primeira vitória de um piloto francês na MotoGP após 21 anos
No GP da Espanha, Fabio Quartararo venceu a prova, na primeira vitória de um piloto francês na MotoGP após 21 anos

O piloto Fabio Quartararo (Yamaha-SRT) venceu o Grande Prêmio da Espanha de MotoGP neste domingo, sua primeira vitória na principal categoria do motociclismo e de um francês desde 1999, em uma corrida marcada pelo retorno da competição e a forte queda de Marc Márquez, que abandonou a prova.

No circuito de Ángel Nieto, em Jerez de la Frontera, o francês chegou à frente do espanhol Máverick Viñales, também da Yamaha, e do italiano Andrea Dovizioso (Ducati).

A corrida foi marcada pelo retorno espetacular do seis vezes campeão mundial Marc Márquez (Honda) que, no entanto, não conseguiu terminar a prova depois de sofrer uma forte queda ao lutar pelo segundo lugar com Viñales.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"É o melhor momento da minha vida", disse Quartararo ao chegar, tornando-se, aos 21 anos, o primeiro francês a ganhar um Grand Prix na categoria principal de motociclismo depois de Régis Laconi, vitorioso em 1999.

Quartararo começou na pole, mas logo perdeu posições nas primeiras voltas, principalmente para Marc Márquez e Viñales, mas o campeão mundial saiu da pista, enquanto o espanhol da Yamaha cometeu um erro, o que permitiu que o francês assumisse a liderança até cruzar a linha de chegada.

Márquez, que saiu da pista quando lutava pelas primeiras posições, teve um desempenho incrível que o levou da 18ª para a terceira posição antes de cometer um novo erro e cair no chão com um impressionante salto na moto a poucas voltas do fim.

O seis vezes campeão do mundo ficou de joelhos, visivelmente dolorido e especialmente mostrando problemas no braço direito. Imagens da televisão mostraram ele sendo retirado da pista de maca com o braço aparentemente imobilizado.

O GP da Espanha é a primeira prova do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2020, cujo início foi adiado por vários meses devido à pandemia de coronavírus.

Antes da corrida, um minuto de silêncio foi observado pelas vítimas desta doença, que também foram homenageadas por Fabio Quartararo após sua vitória.

Leia também