GP da China não será substituído na temporada 2023 da Fórmula 1

O Grande Prêmio da China de Fórmula 1, cancelado em dezembro devido a restrições ligadas à covid-19, não será substituído no calendário do Mundial de 2023, anunciou esta terça-feira a promotora da competição, a Formula One.

Desta forma, o calendário da principal categoria do automobilismo passa das 24 corridas programadas para 23, o que ainda é um recorde.

"As demais datas das corridas não mudam", disse a promotora em um breve comunicado, a menos de dois meses da prova inaugural, em 5 de março no Bahrein.

O GP chinês, que seria realizado no dia 16 de abril em Xangai, foi cancelado por causa das "dificuldades presentes devido à situação da covid-19" no país, onde as restrições foram importantes no final do ano para combater a pandemia.

A ausência da China, pela quarta vez consecutiva desde o início da pandemia, deixa uma lacuna entre o GP da Austrália, no dia 2 de abril, e o GP do Azerbaijão, em 30 de abril.

-- Calendário da temporada de 2023 da Fórmula 1:

5 de março: GP do Bahrein (Sakhir)

19 de março: GP da Arábia Saudita (Jeddah)

2 de abril: GP da Austrália (Melbourne)

30 de abril: GP do Azerbaijão (Baku)

7 de maio: GP de Miami

21 de maio: GP de Emilia-Romaña (Imola, Itália)

28 de maio: GP de Mônaco

4 de junho: GP da Espanha (Barcelona)

18 de junho: GP do Canadá (Montreal)

2 de julho: GP da Áustria (Spielberg)

9 de julho: GP do Reino Unido (Silverstone)

23 de julho: GP da Hungria (Budapeste)

30 de julho: GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)

27 de agosto: GP da Holanda (Zandvoort)

3 de setembro: GP da Itália (Monza)

17 de setembro: GP de Singapura

24 de setembro: GP do Japão (Suzuka)

8 de outubro: GP do Catar (Lusail)

22 de outubro: GP dos Estados Unidos (Austin)

29 de outubro: GP do México (Cidade do México)

5 de novembro: GP do Brasil (São Paulo)

18 de novembro: GP de Las Vegas

26 de novembro: GP de Abu Dhabi (Yas Marina)

hdy/bde/pm/aam