Governo turco promete recompensa de R$ 2,5 mi por informações sobre ex-jogador da NBA

Enes Kanter é crítico do presidente da Turquia (Bill Baptist/AFP)


O governo turco anunciou que vai pagar 500 mil dólares (pouco mais de R$ 2,5 milhões) por informações sobre Enes Kanter. O ex-jogador da NBA é procurado pelas autoridades do país natal por conta das críticas ao atual presidente Recep Erdogan.

Em 2017, Kanter criticou Erdogan, o qual chamou de 'Hitler do nosso século'. Comandado pelo mesmo presidente desde 2014, o governo turco enviou, em 2021, um mandado de prisão ao atleta, que queimou o papel em vídeo gravado nas redes sociais.

+ Irmã gêmea de Key Alves, do BBB 23, é atleta e noiva de jogador do Palmeiras

Kanter não vê os familiares, que moram na Turquia, desde 2015, pois teme ser preso caso retorne ao país. No ano passado, o jogador mudou legalmente o nome para Enes Kanter 'Freedom'. A palavra, traduzida para o português, significa 'liberdade'.

+ Filha de Pelé posta carrossel de fotos dos últimos dias de internação do Rei do Futebol

O atleta começou a carreira em 2010, no Fenerbahçe, onde se destacou e foi draftado pelo Utah Jazz, no ano seguinte. Kanter também defendeu Oklahoma City Thunder, New York Knicks, Portland Trail Blazers e Boston Celtics. Atualmente, está sem clube.